Cidade

Agentes de endemias intensificam ações contra leptospirose nas praias de Salvador

A mobilização, que será finalizada no dia 23 de dezembro, contemplará toda orla soteropolitana

[Agentes de endemias intensificam ações contra leptospirose nas praias de Salvador]
Foto : Divulgação

Por Kamille Martinho no dia 12 de Dezembro de 2019 ⋅ 20:30

Com o intuito de alertar a população sobre os riscos da leptospirose, doença transmitida pela urina do rato e combater situações que propiciam a presença de roedores, a Secretaria Municipal da Saúde, através do Centro de Controle de Zoonoses, iniciou ontem (11), uma intensificação nas praias de Salvador.

A mobilização, que será finalizada no dia 23 de dezembro, contemplará toda orla soteropolitana e envolverá cerca de 100 profissionais entre agentes de combate às endemias, biólogos e veterinários do CCZ. 

“A intervenção química é um paliativo. Os ratos vão morrer. Mas, se a população continuar acumulando entulhos, descartando lixos e alimentos de forma inadequada, outros ratos irão aparecer. É um trabalho que deve ser feito em conjunto. A população precisa se educar para que, juntos, possamos combater a proliferação dos roedores e da doença”, afirmou Cristiane Yuki, chefe do setor de combate à leptospirose.

Além do trabalho feito durante a mobilização, os cidadãos podem solicitar a visita das equipes do Programa de Controle da Leptospirose pelo Fala Salvador 156.

Notícias relacionadas