Cidade

Nova UBS em Itapuã conta com investimento de R$ 3,5 milhões

Construção foi feita pelo governo estadual e a administração será feita pelo município

[Nova UBS em Itapuã conta com investimento de R$ 3,5 milhões]
Foto : Mateus Pereira/GOVBA

Por Metro1 no dia 02 de Abril de 2020 ⋅ 15:20

O governador Rui Costa (PT) e o prefeito ACM Neto (DEM) entregaram hoje (2) uma Unidade Básica de Saúde (UBS), em Itapuã, em complemento à série de investimentos feitos pelo Governo do Estado na atenção primária à saúde. O local terá um setor para atendimento de casos suspeitos do novo coronavírus, enquanto durar a crise da Covid-19. De acordo com Rui, por conta da pandemia do novo coronavírus, as salas que abrigariam os consultórios odontológicos serão utilizadas como boxes de observação de pacientes com suspeita da doença.

Estiveram presentes na entrega os secretários municipal e estadual de Saúde, respectivamente Leo Prates e Fábio Vilas-Boas. A estrutura é a terceira do tipo, entregue em parceria na capital baiana, nos últimos 15 dias. A construção foi feita pelo governo estadual e a administração será feita pelo município. Antes, já haviam sido inauguradas as unidades básicas de saúde no Imbuí e em São Gonçalo do Retiro. Além delas, também está em funcionamento a UBS Cajazeiras.

"Essa medida se soma a diversas ações executadas pelo Estado para conter o avanço do novo coronavírus no território estadual. A Bahia vem tendo uma projeção abaixo da curva prevista para o estado, mas atualmente há 17 pacientes em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Couto Maia, o que significa que o volume de pessoas que precisam de cuidados intensivos está aumentando progressivamente, por isso não podemos baixar a guarda. Quem puder, deve usar máscara, inclusive confeccionadas com tecido, para proteger a si e aos outros", declarou o governador. 

“Esta estrutura é a porta de entrada, a mais próxima das pessoas, no atendimento à saúde. Nesse momento, toda essa rede básica serve de retaguarda e suporte pra evitar uma pressão grande, sobretudo agora com o aumento do número de casos de coronavírus, nas UPAs e hospitais de Salvador. Com essa ampliação na atenção à saúde e nas unidades básicas, a intenção acolher todos os pacientes que não tenham sintoma do coronavírus e que precisem de acompanhamento médico por parte da Prefeitura”, afirmou o prefeito. 
 

Notícias relacionadas