Cidade

Grupo ateou fogo em ônibus para protestar contra morte de suspeito

O grupo de homens que puseram fogo em um ônibus na manhã desta quinta-feira (11) no bairro do Engenho Velho da Federação protestaram contra a morte de um suspeito, que faleceu após troca de tiros com a Polícia Militar [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Leitor Metro1

Por Juliana Almirante no dia 11 de Junho de 2015 ⋅ 08:27

O grupo de homens que puseram fogo em um ônibus na manhã desta quinta-feira (11) no bairro do Engenho Velho da Federação protestaram contra a morte de um suspeito, que faleceu após troca de tiros com a Polícia Militar. De acordo com informações da 41ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Federação) ao Correio, Reilan Rosalino dos Santos Braga, 18 anos, morreu em ação da Rondesp.

Segundo a polícia, ele estava em um grupo com oito homens que trocou tiros com as guarnições. Com Reilan teria sido encontrada uma pistola 9 milímetros. O Corpo de Bombeiros está no local para controlar as chamas do coletivo, que ficou destruído.

Notícias relacionadas