Cidade

Prefeitura e representantes de shoppings discutem liberação da cobrança de vagas

A prefeitura de Salvador informou, em nota, que a primeira reunião com representantes dos shoppings centers, realizada nesta quinta-feira (11), para discutir a liberação do Termo de Viabilidade de Localização (TVL) de cobrança de estacionamento, terminou em um impasse. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Renato Araújo/Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 12 de Junho de 2015 ⋅ 07:24

A prefeitura de Salvador informou, em nota, que a primeira reunião com representantes dos shoppings centers, realizada nesta quinta-feira (11), para discutir a liberação do Termo de Viabilidade de Localização (TVL) de cobrança de estacionamento, terminou em um impasse. 

Conforme a administração municipal, os  centros de compra não aceitaram a proposta do município de carência de 40 minutos e querem apenas 15 minutos. Outro ponto sem consenso seria a renúncia dos valores das multas fixadas pela Justiça contra a prefeitura, determinadas desde o começo do ano passado.


Os shoppings teriam aceito outras reivindicações da prefeitura: instalação de segurança eletrônica, manutenção de segurança presencial e autorização para a Transalvador fiscalizar as vagas para gestantes, idosos e pessoas com deficiência. Outra proposta da prefeitura para liberar o TVL, e que ficou de ser estudada pelos shoppings, é uma contrapartida para a realização de obras. Ao final da reunião, os estabelecimentos se comprometeram a não iniciar a cobrança pelas vagas de estacionamento até que seja firmado um acordo entre ambas as partes.

Comentarios

Notícias relacionadas