Cultura

Sambista Dona Ivone Lara morre aos 97 anos no Rio de Janeiro

A sambista Dona Ivone Lara, de 97 anos, morreu na madrugada de hoje (17) após ficar internada desde a semana passada no Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI) da Coordenação de Emergência Regional (CER), no Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro. [Leia mais...]

[Sambista Dona Ivone Lara morre aos 97 anos no Rio de Janeiro]
Foto : Divulgação

Por Matheus Simoni no dia 17 de Abril de 2018 ⋅ 00:38

A sambista Dona Ivone Lara, de 97 anos, morreu na madrugada de hoje (17) após ficar internada desde a semana passada no Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI) da Coordenação de Emergência Regional (CER), no Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela assessoria da cantora.

Dona Ivone Lara havia apresentado um quadro de anemia e precisou receber doações de sangue, segundo a empresária da artista.

Considerada a "Rainha do Samba", Yvonne Lara da Costa, ou simplesmente Dona Ivone Lara, nasceu em 13 de abril de 1921, em Botafogo, Zona Sul do Rio. Compôs o samba "Nasci para sofrer", que se tornou o hino da Império Serrano, escola de samba na qual desfilou na ala das baianas. 

Comentarios

Notícias relacionadas

[Jorge Ben Jor faz show em Salvador em agosto]
Cultura

Jorge Ben Jor faz show em Salvador em agosto

Por James Martins no dia 21 de Maio de 2018 ⋅ 16:10 em Cultura

O cantor e compositor carioca faz única apresentação na Concha Acústica do Teatro Castro Alves, com repertório marcado por grandes sucessos

[Tiê faz única apresentação no TCA em julho]
Cultura

Tiê faz única apresentação no TCA em julho

Por Metro1 no dia 18 de Maio de 2018 ⋅ 15:10 em Cultura

A cantora traz o show de lançamento de "Gaya", seu mais recente álbum, com sucessos como “Amuleto” (trilha da novela “O Outro Lado do Paraíso”)

[Lenine abre turnê nacional neste sábado em Salvador]
Cultura

Lenine abre turnê nacional neste sábado em Salvador

Por Metro1 no dia 18 de Maio de 2018 ⋅ 12:10 em Cultura

No repertório, estão canções inéditas e hits que marcaram a trajetória do artista, como "Tubi Tupy" (parceria com Carlos Rennó) e "É o Que Me Interessa"