Cultura

Paula e Jaques Morelenbaum relembram Jobim em show

Cantora e violoncelista foram entrevistados por Mário Kertész no Jornal da Metrópole no Ar

[Paula e Jaques Morelenbaum relembram Jobim em show]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Juliana Rodrigues no dia 28 de Setembro de 2018 ⋅ 12:47

A cantora Paula Morelenbaum e o violoncelista Jaques Morelenbaum foram os convidados do Jornal da Metrópole no Ar de hoje (28), na Rádio Metrópole. Em entrevista a Mário Kertész, os artistas falaram sobre o show em tributo ao compositor Tom Jobim, em cartaz no Café Teatro Rubi, que fica no Wish Hotel da Bahia, no Campo Grande. 

Paula contou que a relação da dupla com Jobim vem de longa data e inspirou muitas homenagens. "A gente participou da banda dele por dez anos, então é uma relação músico-afetiva que aconteceu. De lá para cá, a gente tem feito muitas coisas com o repertório do Tom, já gravamos com diversas formações, gravamos com os filhos do Tom. [...] Depois fizemos um trabalho com um pianista japonês chamado Ryuichi Sakamoto, que é um compositor fantástico", explicou a artista, que também mencionou o mais recente trabalho baseado na obra de Jobim, o álbum "Live in Italia", lançado em 2017. "A gente tocou por dez anos com ele. A música dele já era um xodó e se tornou uma necessidade vital", completou Jaques.

No show, Paula e Jaques estarão acompanhados pelos músicos Marcelo Costa (percussão) e Gabriel Improta (violão). O violoncelista adiantou que o público vai poder "cantar junto" a maioria das músicas, que são grandes sucessos de Jobim. Mas o repertório também traz alguns "lados B". "A gente toca a suíte 'Gabriela', composição que o Tom fez para o filme do Bruno Barreto, que se passa aqui [em Salvador]", contou Jaques. 

Além de falar sobre o show, a dupla também lembrou passagens da própria carreira, como a experiência de Jaques no grupo de rock progressivo A Barca do Sol. O músico mencionou uma reconhecida banda britânica como influência para que passasse a usar o violoncelo na música popular. "Eu era muito fã dos Beatles. George Martin, o arranjador dos Beatles, utilizava instrumentos sinfônicos, e eu encontrava aquela sonoridade e via que aqui no Brasil ninguém fazia isso", contou.

Paula e Jaques Morelenbaum se apresentam hoje e amanhã (29) no Café Teatro Rubi, a partir das 8h30 da noite.

Notícias relacionadas