Cultura

Cantor do Jammil declara apoio a Bolsonaro e revolta artistas: 'Precisa estudar mais'

Na mensagem, ele afirmava que chegou a estudar antes de escolher o candidato e que não ligava se começasse a perder seguidores

[Cantor do Jammil declara apoio a Bolsonaro e revolta artistas: 'Precisa estudar mais']
Foto : Reprodução/Instagram

Por Metro1 no dia 07 de Outubro de 2018 ⋅ 16:40

O cantor da banda Jammil, Levi Lima, publicou nas redes sociais um texto em apoio à candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República e recebeu uma série de críticas no Instagram. Na mensagem, ele afirma que chegou a estudar antes de escolher o candidato e que não ligava se começasse a perder seguidores.

"Se eu estivesse atrás de números de seguidores estaria fazendo música pra balançar a bunda, ou ostentar, ou alienar ainda mais o povo", escreveu Levi. Artistas e outros cantores reclamaram da publicação. A cantora Preta Gil demonstrou tristeza, enquanto a apresentadora Astrid Fontenelle pediu que ele estudasse mais.

Após a repercussão, Levi escreveu um novo texto e confessou "não ter experiência" para lidar com ofensas escritas nas redes sociais. Confira:

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Com tanta discussão nos comentários preferi apagar minha última postagem. Nunca fui atacado aqui e percebi que não tenho experiência para lidar com essas ofensas. Não apenas ofensas comigo mas entre ambas as linhas de pensamento. Essa rede social é para música e bons compartilhamentos. Respeito a opinião de todos que tenham opiniões iguais ou diferentes das minhas. Triste com as ofensas entre as opiniões. Torço por um mundo melhor e livre para todos. Quem deixou de seguir está em seu direito, quem passou a seguir está no seu direito, e minha opinião é um direito meu também. Agora, compartilhar opinião aqui... nunca mais. Só música. Luz e paz para todos. ??

Uma publicação compartilhada por LEVI LIMA (@levilima) em

Notícias relacionadas