Cultura

'Waly ficou puto!', conta Macalé sobre Gal ter colocado 'Graças a Deus' em 'Vapor Barato'

O compositor participou do projeto "Cria", do jornalista Leonardo Lichote, e falou sobre o processo de criação desse clássico da música brasileira

['Waly ficou puto!', conta Macalé sobre Gal ter colocado 'Graças a Deus' em 'Vapor Barato']
Foto : Divulgação

Por James Martins no dia 05 de Dezembro de 2018 ⋅ 11:10

O cantor e compositor Jards Macalé revelou uma curiosidade sobre a letra de "Vapor Barato", parceria com Waly Salomão imortalizada na voz de Gal Costa. Em participação recente no projeto Cria, do jornalista Leonardo Lichote, onde artistas falam sobre seus processos criativos, Macao disse que a expressão "Graças a Deus" foi enxertada na canção pela intérprete. E mais: que o letrista não gostou nem um pouco do caco. "Waly ficou puto!", exclamou.

No pocket show, Macalé canta a versão original: "Eu não preciso de muito dinheiro e não me importa...", e, interrompendo a melodia, conta: "Aí a Gal botou graças a Deus! Waly ficou puto!", disse, para risos da plateia.

"Vapor Barato" foi lançada por Gal Costa em um compacto duplo de 1971. No mesmo ano, foi um dos destaques do LP "Fa-Tal - Gal A Todo Vapor", gravado ao vivo no Teatro Tereza Raquel, no Rio de Janeiro, a partir de show dirigido pelo próprio Waly Salomão. A direção musical era do lendário Lanny Gordin.

Em 1996 o Rappa lançou sua versão da música, no CD "Rappa Mundi", e lá está o "Graças a Deus" de Gal, intacto. Já em 2005 Daniela Mercury também o cantou, no disco "Clássica", gravado ao vivo. Veja a revelação de Macalé:

Notícias relacionadas