Cultura

Sylvinho Blau Blau fala sobre cocaína e desabafa: 'Não aguento mais carregar esse urso nas costas'

Ícone esquecido dos anos 80, o cantor destaca apoio da esposa para se livrar da droga e revela arrependimentos

[Sylvinho Blau Blau fala sobre cocaína e desabafa: 'Não aguento mais carregar esse urso nas costas']
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 07 de Dezembro de 2018 ⋅ 10:50

O cantor Sylvinho Blau Blau, ícone esquecido dos anos 80, participou do programa “The Noite”, apresentado por Danilo Gentili no SBT, e falou sobre farras, drogas, excessos, dores e prazeres da época. Ele destacou ainda o importante apoio de sua esposa na hora de tirar o pé da jaca. “Nos anos 80, um dos ícones era do país aqui do lado, Pablo [Escobar]. Ele fez ‘nevar’ não só no Brasil como no mundo inteiro”, brincou, em referência à cocaína. E completou: “Eu me livrei, a Ana Paula foi fundamental”. 

Ao falar sobre a carreira, o artista confessou erros graves, como se recusar a gravar canções como “‘Whisky a Go Go”, do Roupa Nova, e “Joga Fora”, sucesso de Sandra de Sá. “A gente era surtado na época. Se eu me arrependi? Lógico. Não gosto de dizer que me arrependo das coisas que faço, hoje eu canto ‘Whisky a Go Go'”, disse.

Ao comentar o seu grande (único?) sucesso, ainda dos tempos da banda Absynto, a música “Ursinho Blau Blau” que até hoje o batiza, Sylvinho revela, na verdade, irritação com o apelido. “Não tem só o [Ursinho] Blau Blau. Ninguém esquece dessa merda, não aguento mais carregar esse urso nas costas”, bradou.

Notícias relacionadas