Cultura

Após revitalização, MAM reabre cinema e vai instalar píer e restaurante

Segundo o diretor do Ipac, cinema será gerido pela Sala de Arte

[Após revitalização, MAM reabre cinema e vai instalar píer e restaurante]
Foto : BNews/Vagner Souza

Por Adelia Felix no dia 11 de Julho de 2019 ⋅ 18:07

Após revitalização, o Museu de Arte Moderna (MAM) da Bahia, na Avenida Contorno, em Salvador, reabriu o cinema. O espaço vai comportar 104 pessoas, e próximo dele estão instalados um café e uma lojinha.

As obras incluíram a reforma completa dos galpões de apoio, da Capela, além de instalações elétricas, hidráulicas e de combate a incêndio. Um novo mobiliário foi instalado nos galpões onde são realizadas as oficinas oferecidas pelo museu. 

A intervenção realizada pelo Governo do Estado teve investimento de R$ 15 milhões. A obra foi coordenada pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), órgão vinculado à Secretaria de Cultura (SecultBa), que teve o cuidado necessário com a edificação que é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), desde 1943. 

“O espaço do cinema é um clássico desse lugar. A gente está trazendo o cinema de volta, com uma sala realmente projetada para cinema, com um grupo que sabe fazer cinema de rua na Bahia, que é a Sala de Arte”, disse ao Metro1 o diretor-geral do IPAC, João Carlos Oliveira.

Outros lançamentos serão o píer e o restaurante, eles integram a segunda etapa da revitalização, que deve ser realizada até o final do próximo ano. “O píer era contemplativo. Agora, as pessoas vão poder chegar e sair para passeios náuticos a partir do MAM. Também terá um novo restaurante, de 200 lugares. O investimento, através do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo, Prodetur, será de R$ 3,5 milhões, conseguidos por meio da Secretaria de Turismo”, disse João Carlos.

À reportagem, o secretário de Turismo do Estado, Fausto Franco, explicou que a abertura dos envelopes de propostas para as obras do píer e restaurante acontecerá no próximo dia 18. “Nós teremos 30 dias para anunciar o vencedor. A gente vai ter com certeza um espaço harmonizado e mais uma opção de turismo na Bahia”. Ao site, o secretário também disse o restaurante será administrado por uma empresa privada.

 

Notícias relacionadas