Economia

Venda de carros novos cai 26,6% em 2015, apontam fabricantes

A venda de veículos teve queda de 26,6% em 2015, com a comercialização de 2,57 milhões de unidades. De acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira (7), em São Paulo, pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), 227,8 mil unidades foram negociadas, um valor referente a 16,7% a mais do que em novembro que foi de 195,2 mil. A queda foi de 38,4% na comparação com o mês de dezembro do ano anterior, quando foram comercializados 370,0 mil veículos. [Leia mais...]

[Venda de carros novos cai 26,6% em 2015, apontam fabricantes]
Foto : Tomohiro Ohsumi/Bloomberg

Por Jessica Galvão no dia 07 de Janeiro de 2016 ⋅ 14:55

A venda de veículos teve queda de 26,6% em 2015, com a comercialização de 2,57 milhões de unidades. De acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira (7), em São Paulo, pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), 227,8 mil unidades foram negociadas, um valor referente a 16,7% a mais do que em novembro que foi de 195,2 mil. A queda foi de 38,4% na comparação com o mês de dezembro do ano anterior, quando foram comercializados 370,0 mil veículos. 

“As vendas em 2015 se equiparam às de 2007, ou seja, tivemos um recuo de oito anos na comercialização. Chama a atenção para a queda no segmento de caminhões, de quase 48%, e ônibus, com quase 39%. Esse ano não foi positivo, porque as questões políticas influenciaram em demasia a confiança do consumidor e contaminaram a economia de maneira forte”, afirmou o presidente da Anfavea, Luiz Moan.

No ano passado, a produção teve um declínio de 22,8% (2,43 milhões) na comparação com o ano de 2014, quando foi alcançado 3,15 milhões em produção. Em dezembro de 2015 foram produzidas 142,9 mil unidades, contra 204,0 mil de dezembro de 2014, o que representou uma queda de 30,0%. Ante o mês de novembro, quando a produção foi de 175,1 mil unidades, houve queda de 18,4%.

A intenção da Anfavea  é que em 2016, a produção fique estável, com crescimento de 0,5%, as vendas internas caiam 7,5% e as exportações em unidade de autoveículos cresçam 8,1% (veículos leves, 7,7% e pesados 12,4%).

Notícias relacionadas

[Em retração, classes A e B ganham 464 mil negros]
Economia

Em retração, classes A e B ganham 464 mil negros

Por Clara Rellstab no dia 13 de Agosto de 2018 ⋅ 11:00 em Economia

Estudo afirma que movimento vai na direção oposta ao que ocorreu no Brasil no ano passado, quando 800 mil pessoas deixaram as classes mais altas

[Vendas do varejo caem 0,3% em junho, aponta IBGE]
Economia

Vendas do varejo caem 0,3% em junho, aponta IBGE

Por Clara Rellstab no dia 10 de Agosto de 2018 ⋅ 12:40 em Economia

Segundo divulgado hoje (10) pelo IBGE, a taxa de maio foi revisada para queda de 1,2%, devido à greve dos caminhoneiros

[Inflação oficial desacelera e fica em 0,33% em julho]
Economia

Inflação oficial desacelera e fica em 0,33% em julho

Por Clara Rellstab no dia 08 de Agosto de 2018 ⋅ 14:40 em Economia

O índice representa quase 1 ponto percentual abaixo da taxa registrada no mês anterior (1,26%) em meio à alta de preços provocada pela greve dos caminhoneiros.