Economia

Dólar fecha no menor valor do ano e se mantém abaixo de R$ 4

O dólar em nova baixa R$ 4 nesta quinta-feira (4), reagindo à percepção de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, não deve aumentar os juros tão cedo. A moeda norte-americana recuou 0,61%, vendida a R$ 3,8941. Segundo especialistas, juros mais altos poderiam atrair para os EUA recursos aplicados em países como o Brasil[Leia mais...]

[Dólar fecha no menor valor do ano e se mantém abaixo de R$ 4]
Foto : Reprodução/Agência Brasil

Por Matheus Simoni no dia 04 de Fevereiro de 2016 ⋅ 19:40

O dólar em nova baixa R$ 4 nesta quinta-feira (4), reagindo à percepção de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, não deve aumentar os juros tão cedo. A moeda norte-americana recuou 0,61%, vendida a R$ 3,8941. Segundo especialistas, juros mais altos poderiam atrair para os EUA recursos aplicados em países como o Brasil, aumentando, assim, o valor do dólar no território brasileiro.

Este é o menor valor desde 29 de dezembro de 2015, quando a moeda terminou os negócios a R$ 3,8769. No ano, há queda acumulada de 1,37%. Nos primeiros dias de fevereiro, o dólar já caiu 3,24%.

Notícias relacionadas

[Guedes acena com tributação de juros sobre capital próprio]
Economia

Guedes acena com tributação de juros sobre capital próprio

Por Clara Rellstab no dia 23 de Janeiro de 2019 ⋅ 06:28 em Economia

O ministro também foi contundente sobre a reforma da Previdência Social, e afirmou a investidores em Davos que ela será aprovada, com período transitório de capitalização

[Novos aluguéis subiram abaixo da inflação em 2018, aponta Fipe]
Economia

Novos aluguéis subiram abaixo da inflação em 2018, aponta Fipe

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:40 em Economia

Em 2018, o Índice de Locação Residencial acumulou alta de 2,33% – abaixo da inflação do período, de 3,75%, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, calculado...

[Inadimplência no país cresce 4,41% em 2018]
Economia

Inadimplência no país cresce 4,41% em 2018

Por Juliana Rodrigues no dia 15 de Janeiro de 2019 ⋅ 22:00 em Economia

Cerca de 62,6 milhões de brasileiros fecharam o ano com alguma conta em atraso e restrições no CPF, segundo dados da CNDL e do SPC