Economia

Vendas no comércio registraram a maior queda da história em 2015, diz IBGE

Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelaram que as vendas do comércio varejista brasileiro despencaram no último ano, fechando em queda de 4,3%. [Leia mais...]

[Vendas no comércio registraram a maior queda da história em 2015, diz IBGE]
Foto : Reprodução/USP Imagens

Por Gabriel Nascimento no dia 16 de Fevereiro de 2016 ⋅ 11:19

Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelaram que as vendas do comércio varejista brasileiro despencaram no último ano, fechando em queda de 4,3%. É a maior baixa da série história do instituto, iniciada no ano de 2001. O aumento das taxas de juros e a diminuição da renda foram os pontos principais para a redução no consumo.

As vendas que tendem a aumentar no mês de dezembro, registraram recuo de 2,7% sobre novembro, interrompendo uma sequência de duas taxas positivas. O IBGE informou ainda que o setor, nessa base de comparação, está 9,5% abaixo do ponto mais alto da série, observado em novembro de 2014. Já na comparação com o mês de 2014, o varejo vendeu 7,1% a menos.

O segmento de móveis e eletrodomésticos teve a queda mais expressiva (-14%). Hipermercados e supermercados também venderam menos no ano passado. A baixa de 2,5% foi a maior desde 2003, influenciada também pela queda da renda dos trabalhadores e devido ao aumento dos preços dos alimentos. O único setor que não sofreu queda foi o de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos, que cresceu 3% em 2015.

Notícias relacionadas

[Em retração, classes A e B ganham 464 mil negros]
Economia

Em retração, classes A e B ganham 464 mil negros

Por Clara Rellstab no dia 13 de Agosto de 2018 ⋅ 11:00 em Economia

Estudo afirma que movimento vai na direção oposta ao que ocorreu no Brasil no ano passado, quando 800 mil pessoas deixaram as classes mais altas

[Vendas do varejo caem 0,3% em junho, aponta IBGE]
Economia

Vendas do varejo caem 0,3% em junho, aponta IBGE

Por Clara Rellstab no dia 10 de Agosto de 2018 ⋅ 12:40 em Economia

Segundo divulgado hoje (10) pelo IBGE, a taxa de maio foi revisada para queda de 1,2%, devido à greve dos caminhoneiros

[Inflação oficial desacelera e fica em 0,33% em julho]
Economia

Inflação oficial desacelera e fica em 0,33% em julho

Por Clara Rellstab no dia 08 de Agosto de 2018 ⋅ 14:40 em Economia

O índice representa quase 1 ponto percentual abaixo da taxa registrada no mês anterior (1,26%) em meio à alta de preços provocada pela greve dos caminhoneiros.