Economia

Bloqueio de celular roubado poderá ser feito apenas com o número da linha

Foi anunciado nesta terça-feira (8), pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) que, quem tiver seu celular roubado poderá pedir o bloqueio do aparelho diretamente em uma delegacia ou junto à operadora, utilizando apenas o número da linha. [Leia mais...]

[Bloqueio de celular roubado poderá ser feito apenas com o número da linha]
Foto : Felipe Rosa/Tribuna do Paraná

Por Jessica Galvão no dia 08 de Março de 2016 ⋅ 18:35

Foi anunciado nesta terça-feira (8), pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) que, quem tiver seu celular roubado poderá pedir o bloqueio do aparelho diretamente em uma delegacia ou junto à operadora, utilizando apenas o número da linha.

"O intuito é tirar a atratividade do produto roubado”, afirmou o presidente da Anatel, João Rezende. Na avaliação do superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel, José Bicalho, "o roubo de celulares estava virando uma indústria no país".

Antes era necessário utilizar o número do IMEI (International Mobile Equipment Identity, na sigla em inglês), espécie de RG desses aparelhos, para os usuários conseguirem bloquear seus aparelhos juntamente com as operadoras. Agora, os usuários podem pedir o bloqueio utilizando apenas o número da linha. De acordo com a Anatel, a medida foi tomada para combater roubos e furtos.

"Para fazer o bloqueio, as prestadoras exigiam o IMEI. E, no momento em que pessoa estava sem o aparelho, era muito difícil de conseguir esse número, o que restringia a quantidade de registro de celulares roubados junto à operadora", disse Bicalho.

O IMEI pode ser consultado pelo usuário na caixa do produto, na nota fiscal, ou diretamente no celular, digitando *#06#.

Notícias relacionadas

[Novos aluguéis subiram abaixo da inflação em 2018, aponta Fipe]
Economia

Novos aluguéis subiram abaixo da inflação em 2018, aponta Fipe

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:40 em Economia

Em 2018, o Índice de Locação Residencial acumulou alta de 2,33% – abaixo da inflação do período, de 3,75%, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, calculado...

[Inadimplência no país cresce 4,41% em 2018]
Economia

Inadimplência no país cresce 4,41% em 2018

Por Juliana Rodrigues no dia 15 de Janeiro de 2019 ⋅ 22:00 em Economia

Cerca de 62,6 milhões de brasileiros fecharam o ano com alguma conta em atraso e restrições no CPF, segundo dados da CNDL e do SPC