Economia

Brasil tem maior perda de postos de trabalho da história em 2015: 1,51 milhões

A Relação Anual de Informações Sociais (Rais), divulgada nesta sexta-feira (16) pelo Ministério do Trabalho, revelou que o Brasil perdeu 1,51 milhão de postos formais de trabalho em 2015, sendo esse o pior registro da série, iniciada em 1985. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Valdecir Galor/SMCS

Por Luiza Leão no dia 16 de Setembro de 2016 ⋅ 19:30

A Relação Anual de Informações Sociais (Rais), divulgada nesta sexta-feira (16) pelo Ministério do Trabalho, revelou que o Brasil perdeu 1,51 milhão de postos formais de trabalho em 2015, sendo esse o pior registro da série, iniciada em 1985.

Com a redução no mercado de trabalho, o número de pessoas trabalhando com carteira assinada reduziu de 49,6 milhões, registradas no fim de 2014, para 48,1 milhões no final de 2015, sendo a primeira vez desde 1992 que o Brasil perdeu postos de empregos no mercado formal. O registro em 1992 foi de  623 mil vagas eliminadas.

A Rais engloba os trabalhadores do setor privado, servidores públicos federais, estaduais, municipais e também pessoas que desempenham serviços temporários, contabilizando a diferença entre as contratações e as dispensas.

Notícias relacionadas

[Novos aluguéis subiram abaixo da inflação em 2018, aponta Fipe]
Economia

Novos aluguéis subiram abaixo da inflação em 2018, aponta Fipe

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:40 em Economia

Em 2018, o Índice de Locação Residencial acumulou alta de 2,33% – abaixo da inflação do período, de 3,75%, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, calculado...

[Inadimplência no país cresce 4,41% em 2018]
Economia

Inadimplência no país cresce 4,41% em 2018

Por Juliana Rodrigues no dia 15 de Janeiro de 2019 ⋅ 22:00 em Economia

Cerca de 62,6 milhões de brasileiros fecharam o ano com alguma conta em atraso e restrições no CPF, segundo dados da CNDL e do SPC