Economia

Processo de venda da BR Distribuidora é iniciado pela Petrobras

O processo de venda da participação da Petrobras na empresa BR Distribuidora já foi iniciado. Em um processo chamado de controle compartilhado, a estatal vai vender 51% do capital votante da subsidiária, como parte do programa de venda de ativos. A informação foi divulgada pela companhia, em nota, na última segunda-feira (3). [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução

Por Gabriel Nascimento no dia 04 de Outubro de 2016 ⋅ 11:11

O processo de venda da participação da Petrobras na empresa BR Distribuidora já foi iniciado. Em um processo chamado de controle compartilhado, a estatal vai vender 51% do capital votante da subsidiária, como parte do programa de venda de ativos. A informação foi divulgada pela companhia, em nota, na última segunda-feira (3). A decisão de vender o controle da BR foi tomada em julho.

"A seleção das empresas que receberam o prospecto foi realizada com base em critérios objetivos, em conjunto com instituição financeira especializada em fusões e aquisições e contratada para assessorar o processo", diz o texto. A estatal afirmou ainda que o novo modelo "atrai o maior interesse do mercado e tem como objetivo maximizar o valor do negócio de distribuição de combustíveis". Com 35% de participação, a BR Distribuidora é líder no mercado nacional. A empresa pode render cerca de US$ 3 bilhões à Petrobras. Os dados são do Sindicato das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes (Sindicom) e BTG Pactual.

 

Notícias relacionadas

[Novos aluguéis subiram abaixo da inflação em 2018, aponta Fipe]
Economia

Novos aluguéis subiram abaixo da inflação em 2018, aponta Fipe

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:40 em Economia

Em 2018, o Índice de Locação Residencial acumulou alta de 2,33% – abaixo da inflação do período, de 3,75%, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, calculado...

[Inadimplência no país cresce 4,41% em 2018]
Economia

Inadimplência no país cresce 4,41% em 2018

Por Juliana Rodrigues no dia 15 de Janeiro de 2019 ⋅ 22:00 em Economia

Cerca de 62,6 milhões de brasileiros fecharam o ano com alguma conta em atraso e restrições no CPF, segundo dados da CNDL e do SPC