Economia

Atividade industrial cresce no mês de julho, de acordo com CNI

Segundo pesquisa divulgada nesta sexta-feira (1º) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a atividade industrial cresceu no mês de julho. [Leia mais...]

[Atividade industrial cresce no mês de julho, de acordo com CNI]
Foto : Agência Brasil

Por Matheus Morais no dia 01 de Setembro de 2017 ⋅ 12:12

Segundo pesquisa divulgada nesta sexta-feira (1º) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), a atividade industrial cresceu no mês de julho. Os indicadores apontam que as horas trabalhadas aumentaram 0,7%, o faturamento teve alta de 1,7% e o emprego cresceu 0,1% frente a junho. A CNI mostra ainda que esse é o terceiro mês consecutivo sem queda no emprego, o que aconteceu pela última vez em janeiro de 2015. Contudo, os indicadores de horas trabalhadas e de faturamento têm alternado entre variações positivas e negativas há meses, segundo a CNI, o que impossibilita apontar uma tendência para frente.

Ainda no mês de julho, segundo a pesquisa, a indústria operou, em média, com 77,4% da capacidade instalada, com aumento de 0,3 ponto percentual na comparação com junho e de 1 ponto percentual em relação a julho de 2016. Na comparação com julho de 2016, houve recuo de 2,5% nas horas trabalhadas, o faturamento subiu 0,2% e o emprego recuou 2,3%.

A CNI apontou que até julho, os indicadores de atividade industrial estão em patamar abaixo do registrado no mesmo período de 2016: as horas trabalhadas tiveram queda de 3,3%; o faturamento recuou 5%; e o emprego retraiu 3,7%. A utilização da capacidade instalada ficou 0,2 ponto percentual inferior do que a média dos primeiros sete meses do ano passado. Já a massa salarial caiu 3% nos sete meses deste ano frente ao mesmo período do ano passado. O rendimento aumentou 0,7%, nessa comparação.

Notícias relacionadas

[Bahia gera 2,5 mil novos postos de trabalho em março]
Economia

Bahia gera 2,5 mil novos postos de trabalho em março

Por Juliana Rodrigues no dia 24 de Abril de 2019 ⋅ 11:40 em Economia

Dados do Ministério da Economia apontam desaceleração em relação a fevereiro, mas crescimento vai na contramão da tendência nacional

[Avianca cancela quase 2 mil voos até o dia 28]
Economia

Avianca cancela quase 2 mil voos até o dia 28

Por Kamille Martinho no dia 20 de Abril de 2019 ⋅ 18:30 em Economia

A companhia afirma que manterá o compromisso de informar com antecedência mínima de 72 horas os voos que serão cancelados