Economia

Resultado do PIB reflete incertezas, afirma ministro da Fazenda

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, afirmou na última sexta-feira (29), que o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre deste ano – que mostrou recuo de 0,2% em relação ao trimestre anterior e queda de 1,6% em comparação a igual trimestre do ano passado [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/Agência Brasil

Por Bárbara Silveira no dia 30 de Maio de 2015 ⋅ 20:00

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, afirmou na última sexta-feira (29), que o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre deste ano – que mostrou recuo de 0,2% em relação ao trimestre anterior e queda de 1,6% em comparação a igual trimestre do ano passado – retrata o momento de incertezas que vigoravam no início de 2015. “Tinha gente que tinha dúvidas quanto à economia brasileira, qual rumo que a economia ia tomar.”

O ministro assegurou, entretanto, as coisas mudaram. “Havia muita incerteza quando o ano começou e isso, evidentemente, afetou a atividade econômica. De lá para cá, eu acho que a confiança mudou. Nós vencemos esses desafios mais imediatos: o Brasil manteve o seu investment grade [grau de investimento]; a Petrobras publicou o seu balanço, está fazendo uma série de ajustes lá, enquanto a produção de petróleo continua crescendo. E, na parte de energia, a gente vê, inclusive, os reservatórios na Região Sudeste hoje com 35% [de capacidade], até porque com o realinhamento de preços também a própria população teve mais indicações para reagir à menor quantidade de água que a gente teve no ano passado”, disse.

Notícias relacionadas

[Novos aluguéis subiram abaixo da inflação em 2018, aponta Fipe]
Economia

Novos aluguéis subiram abaixo da inflação em 2018, aponta Fipe

Por Clara Rellstab no dia 16 de Janeiro de 2019 ⋅ 10:40 em Economia

Em 2018, o Índice de Locação Residencial acumulou alta de 2,33% – abaixo da inflação do período, de 3,75%, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor Amplo, calculado...

[Inadimplência no país cresce 4,41% em 2018]
Economia

Inadimplência no país cresce 4,41% em 2018

Por Juliana Rodrigues no dia 15 de Janeiro de 2019 ⋅ 22:00 em Economia

Cerca de 62,6 milhões de brasileiros fecharam o ano com alguma conta em atraso e restrições no CPF, segundo dados da CNDL e do SPC