Economia

'O presidente vai precisar assumir o ônus de uma reforma da previdência', diz Zeina em evento da ACT

Ainda segundo a economista, a “confiança” do mercado em Jair Bolsonaro pode acabar, caso as expectativas não sejam atendidas

['O presidente vai precisar assumir o ônus de uma reforma da previdência', diz Zeina em evento da ACT ]
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 05 de Dezembro de 2018 ⋅ 07:00

Evento também contou com a presença da especialista em investimentos e digital influencer, Ana Laura Magalhães. 

Nesta segunda-feira (3), a ACT Investimentos, trouxe a Salvador economista chefe da XP Investimentos, Zeina Latif, para falar sobre o cenário econômico atual. Em palestra para convidados, Zeina afirmou que o ano de 2019 será de expectativas em relação ao governo Bolsonaro. 

“O presidente vai precisar assumir o ônus de uma boa reforma da previdência. Não adianta tentar jogar a culpa para o Congresso. É um compromisso dele. Se não passar, a derrota é dele”, indicou. 

Ainda segundo a economista, a “confiança” do mercado em Jair Bolsonaro pode acabar, caso as expectativas não sejam atendidas. “O mercado espera reformas e se as expectativas forem frustradas, o mercado vai sentir e teremos volatilidade”, apostou.

Sócio da ACT Investimento, Bruno Carneiro afirmou que a preocupação em proporcionar esse tipo de evento é para que os clientes tenham mais conhecimento sobre as perspectivas futuras do mercado, deixando eles mais confortáveis com relação às estratégias sugeridas pelo time de assessores.

“É importante ajudar a formar a consciência dos nossos clientes sobre as oscilação de mercado. Isso ajuda na tomada de decisão, no acompanhamento da carteira e cria um vínculo de longo prazo”, afirmou. 

Além da economista chefe da XP, participou do evento a digital influencer e especialista em investimentos Ana Laura, conhecida pelo canal @ExplicaAna. Durante sua participação, Ana falou sobre diversificação de investimentos. 

“Com o juros baixo, diversificar é uma forma de ganhar em várias frentes. Ter uma posição em renda fixa, em bolsa, em multimercados… é aquele negócio de nunca colocar os ovos em uma única cesta”, apontou.

Notícias relacionadas

[BC concede primeira autorização para fintech de crédito]
Economia

BC concede primeira autorização para fintech de crédito

Por Alexandre Galvão no dia 09 de Dezembro de 2018 ⋅ 19:00 em Economia

Em abril deste ano, o Conselho Monetário Nacional (CMN) criou dois modelos para as fintechs operarem no mercado de crédito: a SCD e a sociedade de empréstimo entre pessoa...