Economia

Inflação da RMS desacelera em junho e fica em 0,01%, diz IBGE

Resultado foi puxado pelos segmentos de Alimentação e bebidas (-0,43%) e Habitação (-0,43%)

[Inflação da RMS desacelera em junho e fica em 0,01%, diz IBGE]
Foto : Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 10 de Julho de 2019 ⋅ 13:40

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medida oficial da inflação, apresentou nova desaceleração no mês de junho e ficou em 0,01% na Região Metropolitana de Salvador (RMS), segundo dados divulgados hoje (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O IPCA havia sido de 0,83% em abril e 0,11% em maio.

O resultado de junho foi, até agora, a menor inflação deste ano, além de ficar significativamente abaixo do índice de junho de 2018 (0,86%) e ser o menor IPCA para um mês de junho, na RMS, desde 2011, quando o indicador havia sido de 0,00%. O índice do mês na RMS foi o mesmo do país como um todo (0,01%) e a menor variação positiva entre as 16 áreas pesquisadas separadamente.

Com o resultado do último mês, o IPCA na RMS acumula alta de 2,28% no primeiro semestre de 2019. No país como um todo, o índice acumulado neste ano está em 2,23%. Já no acumulado nos 12 meses encerrados em junho, a inflação desacelerou mais uma vez, indo a 3,33%, frente aos 4,21% registrados nos 12 meses encerrados em maio, e ficando discretamente abaixo da média nacional (3,37%).

A desaceleração foi puxada pelos segmentos de Alimentação e bebidas (-0,43%) e Habitação (-0,43%).

Notícias relacionadas

[Mercado reduz estimativa do PIB para 0,81%, diz BC]
Economia

Mercado reduz estimativa do PIB para 0,81%, diz BC

Por Juliana Almirante no dia 15 de Julho de 2019 ⋅ 11:40 em Economia

Já a estimativa de inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), subiu de 3,80% para 3,82% este ano