Economia

INSS começa pente-fino em benefícios com suspeita de irregularidades

De acordo com o INSS, serão analisados 3 milhões de benefícios com indícios de irregularidades

[INSS começa pente-fino em benefícios com suspeita de irregularidades]
Foto : Reprodução/TVCA

Por Kamille Martinho no dia 12 de Julho de 2019 ⋅ 21:00

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começou hoje (12) o pente-fino para analisar indícios de fraude e irregularidade nos seguintes benefícios previdenciários: Benefício de Prestação Continuada (BPC), pensão por morte, aposentadoria por idade e por tempo de contribuição.

De acordo com o INSS, a revisão será prioritariamente nos BPCs (pagamento de um salário mínimo benefício a pessoas com deficiência ou idosos a partir de 65 anos que comprovem não ter meios para sobreviver).

Ainda segundo o INSS, inicialmente, serão analisados 3 milhões de benefícios com indícios de irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), Controladoria-Geral da União (CGU) e Força Tarefa Previdenciária, além de análisar benefícios pendentes de resposta há pelo menos 45 dias.

Os cerca de 11 mil servidores do INSS que se inscreveram para participar do programa, receberão bônus de R$ 57,50 por cada processo concluído. Eles farão a revisão dos benefícios com suspeitas de irregularidades e também darão vazão ao estoque de pedidos de benefícios pendentes de análise.

Notícias relacionadas

[Mercado reduz estimativa do PIB para 0,81%, diz BC]
Economia

Mercado reduz estimativa do PIB para 0,81%, diz BC

Por Juliana Almirante no dia 15 de Julho de 2019 ⋅ 11:40 em Economia

Já a estimativa de inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), subiu de 3,80% para 3,82% este ano