Economia

Imposto sobre transações financeiras é opção do Congresso, diz Guedes

Ministro disse que imposto deve ser parecido com a CPMF de FHC

[Imposto sobre transações financeiras é opção do Congresso, diz Guedes]
Foto : Rovena Rosa/Agência Brasil

Por Catarina Lopes no dia 21 de Agosto de 2019 ⋅ 20:00

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que encaminhará em breve a proposta de reforma tributária, que pode incluir a criação de um imposto sobre transações financeiras semelhante ao criado no governo de Fernando Henrique Cardoso, chamado de Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF). Mas Guedes destaca que cabe aos parlamentares a criação do tributo.

“A conversa toda sobre imposto sobre transações, isso aí estava em um contexto, que a gente ainda considera, de desoneração da folha, que é opcional. Se for baixinho (o imposto), não distorce tanto (a economia). Mas essa vai ser uma opção da classe política. Eles têm que decidir. Podemos propor uma desoneração forte na folha de pagamentos, a troco desse imposto. Se a classe política achar que as distorções causadas por esse imposto são piores do que os 30 milhões de desempregados sem carteira de trabalho, eles decidem. É uma opção difícil, é um trabalho difícil", declarou o ministro.

Notícias relacionadas

[Comércio varejista cresce 1% em julho, diz IBGE]
Economia

Comércio varejista cresce 1% em julho, diz IBGE

Por Juliana Rodrigues no dia 11 de Setembro de 2019 ⋅ 13:20 em Economia

Segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), sete das oito atividades pesquisadas tiveram alta nas vendas