Economia

Pequenos negócios criaram 95% das vagas em julho, afirma Sebrae

São Paulo liderou a geração de emprego no mês passado, com mais 12,8 mil vagas

[Pequenos negócios criaram 95% das vagas em julho, afirma Sebrae]
Foto : Marcello Casal/Agência Brasil

Por Juliana Almirante no dia 24 de Agosto de 2019 ⋅ 17:20

As micro e pequenas empresas criaram 41,5 mil empregos com carteira assinada no mês de julho, de acordo com dados compilados pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Conforme o levantamento, os pequenos negócios foram responsáveis por 95% dos empregos gerados em todo o país.

Ao considerar os números das grandes empresas e da administração pública, foram criados 43,8 mil empregos formais.

De janeiro a julho, as micro e pequenas empresas abriram 437,6 mil vagas, 2,4% acima do registrado no mesmo período do ano passado.

De acordo com a Agência Brasil, o presidente do Sebrae, Carlos Melles, avalia que esses empreendedores são a alavanca para a economia e vitais para a geração de emprego e renda no país. Ele considera que isso é mais um motivo para que o país invista em melhoria do ambiente de negócios do setor, diminuição da burocracia e incentivo à competitividade.

Os pequenos negócios do setor de serviços foram os que mais criaram vagas: 20 mil. Os destaques foram o ramo imobiliário, com 15,2 mil empregos, e o setor da construção civil, com 14 mil postos.

São Paulo liderou a geração de emprego no mês passado, com mais 12,8 mil vagas, seguido por Minas Gerais, com 7,5 mil.

A Região Sudeste teve o maior volume de novos postos (20 mil), seguido pelo Centro-Oeste, com 6,7 mil vagas.

Notícias relacionadas

[Comércio varejista cresce 1% em julho, diz IBGE]
Economia

Comércio varejista cresce 1% em julho, diz IBGE

Por Juliana Rodrigues no dia 11 de Setembro de 2019 ⋅ 13:20 em Economia

Segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), sete das oito atividades pesquisadas tiveram alta nas vendas