Economia

Brasil e Argentina fecham acordo para livre comércio de automóveis

Acordo prevê livre comércio sem condicionantes a partir de 2029

[Brasil e Argentina fecham acordo para livre comércio de automóveis]
Foto : Rovena Rosa/Agência Brasil

Por Catarina Lopes no dia 06 de Setembro de 2019 ⋅ 16:01

Brasil e Argentina devem assinar hoje (6) um novo acordo que prevê livre comércio automotivo sem condicionantes a partir do mês de julho de 2029, com um aumento gradual da relação entre importações e exportações até lá, segundo informações da Reuters. O acordo será celebrado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e o ministro de Produção e Trabalho da Argentina, Dante Sica.

Até junho de 2020, cada dólar importado da Argentina permite exportação de 1,5 dólar do Brasil sem incidência de tributação. Sob o novo acordo, a relação passa imediatamente para US$ 1,70 até junho de 2020, e passa a atender uma escala progressiva até chegar a US$ 3,00 a partir de junho de 2028 a junho de 2029, de acordo com as fontes da Reuters. Também está previsto tratamento diferenciado para veículos mas tecnológicos, como híbridos e elétricos, deixando seu comércio mais flexível.

Notícias relacionadas

[Comércio varejista cresce 1% em julho, diz IBGE]
Economia

Comércio varejista cresce 1% em julho, diz IBGE

Por Juliana Rodrigues no dia 11 de Setembro de 2019 ⋅ 13:20 em Economia

Segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), sete das oito atividades pesquisadas tiveram alta nas vendas