Economia

Justiça do Trabalho vai reduzir R$ 1 bilhão do orçamento em 2020 

Para se adequar, órgão cortou bolsas de estágio e terceirizados de limpeza e vigilância

[Justiça do Trabalho vai reduzir R$ 1 bilhão do orçamento em 2020 ]
Foto : Arquivo: Agência Brasil

Por Marcela Vilar no dia 16 de Setembro de 2019 ⋅ 18:00

Os efeitos da lei de Teto de Gastos Públicos chegaram para o sistema judiciário brasileiro. A Justiça do Trabalho vai ter que reduzir em R$ 1 bilhão o orçamento para o ano que vem, segundo o jornal Estadão. A redução é de 5,4% em relação a 2019. 

Para se adequar, o órgão cortou o programa de bolsa de estágio e dispensou funcionários terceirizados que trabalhavam na limpeza e vigilância. O Orçamento para 2019 prevê 88,38% dos gastos para folha de pagamento. 

Outras medidas foram adequar o horário de funcionamento dos prédios para economizar luz e água, reduzir horas extras, proibir trabalho aos sábados, domingos e feriados, além da preferência em contratar palestrantes que não demandem gastos com deslocamento. 

Caso algum órgão fique sob risco de descumprir o teto, estabelecido em 2016 após a aprovação da PEC 241 pelo Congresso, outros do mesmo Poder podem ceder uma parte do limite para evitar sanções. 

Notícias relacionadas