Editorial

'É um pouco tarde' para FHC se posicionar contra Bolsonaro, diz MK; ouça

Em comentário na Rádio Metrópole, Mário Kertész ainda citou as revelações do The Intercept Brasil sobre a força-tarefa da Lava Jato: "O poder subiu à cabeça desse pessoal"

['É um pouco tarde' para FHC se posicionar contra Bolsonaro, diz MK; ouça]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Metro1 no dia 01 de Agosto de 2019 ⋅ 08:42

O noticiário político da semana voltou a ser destaque no comentário de Mário Kertész, hoje (1º), na Rádio Metrópole. Entre os temas abordados, está o posicionamento do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso sobre as recentes declarações do presidente Jair Bolsonaro.

Para MK, "é um pouco tarde" para FHC se manifestar sobre Bolsonaro. "Até Fernando Henrique resolveu dizer que não está gostando das coisas. Agora? Durante a eleição deu uma de João sem braço, que não apareceu para dizer nada. (...) É um pouco tarde, viu, FHC? Bem no seu estilo", disse.

Outro assunto do comentário foram as últimas revelações do The Intercept Brasil sobre Deltan Dallagnol, que incentivou colegas procuradores da primeira instância a investigar o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal - o que é inconstitucional. Kertész classificou Dallagnol como uma "figura sinistra" e avaliou que "o poder subiu à cabeça" dos procuradores da Lava Jato em Curitiba.

MK ainda voltou a afirmar que "ninguém pode se dizer enganado por Jair Bolsonaro" e comentou o estreitamento das relações entre Brasil e Estados Unidos.

Ouça:

Notícias relacionadas