Editorial

MK elogia posições de Rui e cobra autocrítica do PT: 'Vamos sair desse casulo'

"Com esse pensamento reacionário, o PT vai continuar onde está: no limbo e cada vez mais odiado pela população brasileira", disse Kertész, em comentário na Rádio Metrópole

[MK elogia posições de Rui e cobra autocrítica do PT: 'Vamos sair desse casulo']
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Metro1 no dia 16 de Setembro de 2019 ⋅ 08:25

As reações do PT e de setores da esquerda à entrevista do governador da Bahia, o petista Rui Costa, foram o principal assunto do comentário de Mário Kertész, hoje (16), na Rádio Metrópole. No final de semana, a Executiva Nacional da legenda rebateu as declarações do chefe do Executivo estadual, que avaliou que a decisão de lançar candidatura própria em 2018 não foi a mais acertada e que o ideal teria sido apoiar o candidato Ciro Gomes (PDT), entre outros pontos. MK elogiou o posicionamento de Rui e classificou o mandatário como um homem que "tem coragem para dizer as coisas".

"Antes da eleição passada, tanto Rui quanto [o senador] Jaques Wagner disseram claramente que o candidato deveria ser Ciro Gomes e que o PT deveria ter a coragem de se abrir,  entender que cometeu erros, equívocos que pesavam na popularidade do partido. O PT foi quem mais ajudou a eleger Jair Bolsonaro. Rui em nenhum momento disse que não era importante a luta por 'Lula Livre', mas ele disse que não se pode ficar com essa bandeira como bandeira fundamental do partido. (...) O que Rui Costa fez foi o que ele tem falado o tempo todo, não tem novidade", afirmou.

MK ainda afirmou que o PT precisa reavaliar sua posição e suas práticas. "Vamos refletir direito e tentar sair desse casulo que vocês se colocaram, e que acham que qualquer pessoa que venha com ideias novas, diferentes, e enfrente a realidade que estamos vivendo, está traindo o partido ou as causas da democracia. Grande equívoco. Com esse pensamento reacionário, retrógrado, o PT vai continuar onde está: no limbo e cada vez mais odiado pela população brasileira. Grande parte dos eleitores do presidente Jair Bolsonaro votou nele para não votar no PT", analisou.

Ouça o comentário completo:

Notícias relacionadas