Esportes

Polícia americana afirma que Teixeira recebeu propinas por quase dez anos

FBI diz que Teixeira teria "recebido mais de 20 milhões de francos suíços (ou US$ 20 milhões) em contas das quais ele era o único beneficiário em propinas da ISL (empresa de marketing parceira da Fifa, que faliu em 2001) entre 1992 e 2000.

[Polícia americana afirma que Teixeira recebeu propinas por quase dez anos]
Foto : Reprodução / Terra

Por Pedro Sento Sé no dia 05 de Janeiro de 2016 ⋅ 08:57

De acordo com o FBI, o ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira recebeu por quase dez anos propinas em contas bancárias na Suíça. Em matéria publicada no Estado de S. Paulo, a polícia americana afirma que um delator, identificado como CW1 (Cooperating Witness - em inglês para ‘testemunha que está cooperando’) confirmou as informações.

Em nota, o FBI diz que Teixeira teria "recebido mais de 20 milhões de francos suíços (ou US$ 20 milhões) em contas das quais ele era o único beneficiário em propinas da ISL (empresa de marketing parceira da Fifa, que faliu em 2001) entre 1992 e 2000, em violações ao Código Penal Suíço", segundo o FBI.

Notícias relacionadas