Esportes

Ciclista morre e outro fica ferido após serem atropelados em rodovia de Santos

Claudio Clarindo, de 38 anos, recordista em provas de longas distâncias sofreu um “impacto grande” e morreu no local. Jacob Amorim, 32, que acompanhava Clarindo, sofreu uma fratura no fêmur e foi operado. Um motorista adormeceu no volante, atravessou a pista contrária da rodovia Rio-Santos, no litoral de São Paulo, e atingiu a dupla.

[Ciclista morre e outro fica ferido após serem atropelados em rodovia de Santos]
Foto : Reprodução / Facebook

Por Pedro Sento Sé no dia 26 de Janeiro de 2016 ⋅ 09:25

Um motorista adormeceu no volante, atravessou a pista contrária da rodovia Rio-Santos, no litoral de São Paulo e matou um ciclista e feriu outro na manhã desta segunda-feira (25). Claudio Clarindo, de 38 anos, recordista em provas de longas distâncias sofreu um “impacto grande” e morreu no local. Jacob Amorim, 32, que acompanhava Clarindo, sofreu uma fratura no fêmur e foi operado.

Segundo publicação da Folha de S. Paulo, a assessoria do Hospital Santo Amaro, no Guarujá, afirmou que Claudio Clarindo sofreu uma parada cardiorrespiratória no local do acidente. Ainda segundo o jornal, uma mulher que testemunhou o acidente publicou em uma rede social que o motorista fazia manobras perigosas antes de acertar a dupla de ciclistas. 

Clarindo era o coordenador de esportes de praia de Santos e ainda havia sido escolhido para carregar a tocha olímpica durante a passagem pela cidade do litoral paulista. No Facebook, a equipe do atleta lamentou sua morte. “Ele vivia com o imenso sorriso no rosto, esbanjava alegria e simpatia para todos que estavam à sua volta. É um momento terrível de sofrimento, pois foi dito o último adeus a uma pessoa que todos estimavam muito. Toda a equipe lamenta essa inestimável perda!”

Comentarios

Notícias relacionadas