Esportes

Polícia canadense arquiva caso de abuso sexual contra atacante brasileiro

Lucas Piazon era considerado suspeito de ter abusado sexualmente de uma mulher durante os Pan de Toronto em outubro do ano passado. O advogado do atleta de 22 anos explicou que a acusação foi retirada por conta da falta de provas. "A acusação nunca deveria ter acontecido, porque a polícia sabia que esse caso nunca iria a julgamento. Foi errado, nunca deveria ter acontecido", afirmou Brian Greenspan.

[Polícia canadense arquiva caso de abuso sexual contra atacante brasileiro]
Foto : Reprodução / Clive Brunskill - Getty Images

Por Pedro Sento Sé no dia 27 de Janeiro de 2016 ⋅ 09:13

O atacante Lucas Piazon, revelado pelo São Paulo e que pertence ao Chelsea e está atualmente emprestado ao Reading (ING), foi informado que a Promotoria de Toronto retirou contra ele a acusação de crime sexual. Lucas era considerado suspeito de ter abusado sexualmente de uma mulher durante os Pan de Toronto em outubro do ano passado.

Em entrevista à ESPN, o advogado do atleta de 22 anos explicou que a acusação foi retirada por conta da falta de provas. "A acusação nunca deveria ter acontecido, porque a polícia sabia que esse caso nunca iria a julgamento. Foi errado, nunca deveria ter acontecido", afirmou Brian Greenspan.

Segundo a polícia canadense, Lucas, acompanhado do goleiro Andrey foram a uma boate e de lá acompanhado esa jovem de 21 anos até sua casa. Quando chegaram ao local o abuso teria acontecido.

Apesar da desistência no caso de Lucas, a polícia manteve o caso do goleiro Andrey em aberto assim como o goleiro de polo aquático Thye Matos que também é suspeito de abuso sexual contra uma garota no dia 16 de julho.

Comentarios

Notícias relacionadas

[Tite diz que daria pênalti em Neymar]
EsportesCOPA DO MUNDO

Tite diz que daria pênalti em Neymar

Por Metro1 no dia 22 de Junho de 2018 ⋅ 18:00 em Esportes

Juiz holandês Bjöm Kluipers apontou infração no brasileiro, mas anulou após entender que o atacante simulou um agarrão do adversário