Esportes

Raimundo Viana revela que ainda deve a Atlético-PR por Dinei

Com relação ao lateral-direito Léo, o Vitória está resolvendo na Justiça a questão da transferência do jogador que na ocasião foi para o Flamengo. “O Atlético não depositou o dinheiro no tempo hábil. Quando o Flamengo fez a proposta de R$ 2 milhões, eles teriam que cobrir para negociar com o jogador. Eles depositaram R$1,5 milhão para ter os direitos do jogador. Faltaram R$ 500 mil”, explicou. A questão está na justiça. “Vamos buscar uma solução”, disse o presidente.

[Raimundo Viana revela que ainda deve a Atlético-PR por Dinei]
Foto : Reprodução / Goal.com

Por Pedro Sento Sé no dia 23 de Fevereiro de 2016 ⋅ 11:56

Perguntado por Antônio Tillemont, durante o programa “Papo com Tillé” nesta segunda-feira (23), na Rádio Metrópole sobre dívidas que o Vitória ainda teria com o Atlético Paranaense, o presidente Raimundo Viana, do Esporte Clube Vitória, disse que ainda tinha duas pendências a serem resolvidas com a diretoria do Furacão.

Segundo o presidente o rubro-negro ainda deve “taxas com juros e correção pelo empréstimo”, explicou, mas não pelo empréstimo em si. Segundo ele não é de R$ 300 mil como antes imaginado. “Provamos que não devemos nada pelo empréstimo, só algumas taxas”, continuou.

Com relação ao lateral-direito Léo, o Vitória está resolvendo na Justiça a questão da transferência do jogador que na ocasião foi para o Flamengo. “O Atlético não depositou o dinheiro no tempo hábil. Quando o Flamengo fez a proposta de R$ 2 milhões, eles teriam que cobrir para negociar com o jogador. Eles depositaram R$1,5 milhão para ter os direitos do jogador. Faltaram R$ 500 mil”, explicou. A questão está na justiça. “Vamos buscar uma solução”, disse o presidente.

Notícias relacionadas