Esportes

O suíço Gianni Infantino é eleito o novo presidente da Fifa

O ex-secretário-geral da Uefa, o suíço Gianni Infantino, de 45 anos, foi eleito nesta sexta-feira (26), o novo presidente da Fifa. Infantino derrotou três candidatos e, foi eleito no segundo turno, com 115 votos, para exercer seu mandato até 2019, complementando o tempo deixado pelo antecessor, Joseph Blatter. [Leia mais...]

[O suíço Gianni Infantino é eleito o novo presidente da Fifa]
Foto :Getty Images

Por Jessica Galvão no dia 26 de Fevereiro de 2016 ⋅ 14:49

O ex-secretário-geral da Uefa, o suíço Gianni Infantino, de 45 anos, foi eleito nesta sexta-feira (26), o novo presidente da Fifa. Infantino derrotou três candidatos e, foi eleito no segundo turno, com 115 votos, para exercer seu mandato até 2019, complementando o tempo deixado pelo antecessor, Joseph Blatter.

"Queridos amigos, não posso expressar meus sentimentos. Vamos recuperar a imagem e o respeito da Fifa. Temos de estar orgulhosos da Fifa, todos têm de estar, orgulhosos pelo que faremos juntos. Quero agradecer a todas as confederações, todos os candidatos. É uma competição que é um grande sinal de democracia, quero ser o presidente de todos vocês, de todas as 209 federações nacionais. Viajo pelo mundo e continuarei fazendo isso. Quero trabalhar com todos vocês juntos para reerguer a Fifa em uma nova era, onde o futebol estará no centro do palco. É o momento de deixar para trás momentos tristes e de crise, de aplicar as reformas e para isso devemos implementar uma boa governança, transparência, respeito. Vamos recuperar esse respeito com muito trabalho e confirmar que podemos mais uma vez focar nesse jogo maravilhoso que é o futebol", disse o novo presidente.

Gianni Infantino derrotou o xeque Salman Ibrahim Al-Khalifa, do Bahrein, que teve 88 votos, o príncipe Ali Bin Al-Hussein, com quatro votos, da Jordânia e o diplomata francês Jérôme Champagne com nenhum voto. O empresário sul-africano Tokyo Sexwale desistiu da candidatura minutos antes do pleito.

Notícias relacionadas