Esportes

José Rocha e dois conselheiros são acusados de quebra de decoro no Vitória

Durante reunião realizada no Estádio Manoel Barradas nesta quarta-feira, foi instaurado um processo administrativo contra o presidente do conselho deliberativo José Rocha, o vice Silvoney Sales e o conselheiro Antônio Carlos Rodrigues, conhecido como “Cacau”. [Leia mais...]

[José Rocha e dois conselheiros são acusados de quebra de decoro no Vitória]
Foto :

Por Pedro Sento Sé no dia 10 de Março de 2016 ⋅ 08:54

Durante reunião realizada no Estádio Manoel Barradas nesta quarta-feira, foi instaurado um processo administrativo contra o presidente do conselho deliberativo José Rocha, o vice Silvoney Sales e o conselheiro Antônio Carlos Rodrigues, conhecido como “Cacau”. A investigação, que partiu do diretor jurídico do clube, Nilton Alemida, vai apurar se houve quebra de decoro do trio.

Por conta da intervenção do ex-presidente Carlos Falcão durante a reunião, foi criada uma comissão apuradora, composta por Nivaldo Aquino, Luciano Patrícia, Maurício Brasil e Geraldo Del Reys.

"Por conta do descontentamento dos conselheiros com as últimas atitudes de José Rocha, a comissão vai apurar, analisar essas queixas, para a gente ter um ambiente mais tranquilo no Vitória. Não é uma caça as bruxas. Tudo foi votado durante a reunião e prevaleceu a vontade da maioria para que o processo fosse iniciado", afirmou o presidente do conselho fiscal, Cristovão Brito. 

A pena pode variar de uma advertência até mesmo a expulsão do conselho do clube. O Metro1 tentou entrar em contato com o deputado federal José Rocha mas ele não retornou as ligações.

Notícias relacionadas