Esportes

Por danos a sua imagem, Fifa quer R$ 20 milhões de ex-presidentes da CBF

Por conta dos recentes escândalos na CBF, a Fifa quer receber aproximadamente R$ 20 milhões da entidade, especificamente de dirigentes acusados de corrupção, incluindo os três ex-presidentes Marco Polo Del Nero, Ricardo Teixeira e José Maria Marin. [Leia mais...]

[Por danos a sua imagem, Fifa quer R$ 20 milhões de ex-presidentes da CBF]
Foto : Reprodução / BBC

Por Pedro Sento Sé no dia 16 de Março de 2016 ⋅ 09:01

Por conta dos recentes escândalos na CBF, a Fifa quer receber aproximadamente R$ 20 milhões da entidade, especificamente de dirigentes acusados de corrupção, incluindo os três ex-presidentes Marco Polo Del Nero, Ricardo Teixeira e José Maria Marin. 

Segundo a Fifa, as acusações de corrupção na CBF prejudicaram a imagem do órgão internacional. O valor total, que gira em torno de US$ 5,3 milhões de dólares, está dividido da seguinte maneira: U$$ 1,673,171 de Marco Polo Del Nero, U$$ 3,514,025 de Ricardo Teixeira e U$$ 114,507 de José Maria Marin.

Em nota publicada pela Fifa, a entidade protesta contra a CBF devido aos danos causados ao órgão pelos dirigentes brasileiros, incluindo danos a sua reputação, imagem e financeiros.

“Durante muitos anos, os réus grosseiramente abusaram de seus cargos de confiança para enriquecerem-se, enquanto causavam danos diretos e significativo para a Fifa. Os prejuízos incluem grandes perdas financeiras (incluindo, mas não se limitando a perdas de salários e/ou benefícios pagos aos réus), bem como danos à reputação da Fifa, a propriedade intelectual e as relações de seus negócios”. 

 

Notícias relacionadas

[Barradão 'é lugar do futebol masculino', diz Paulo Carneiro]
Esportes

Barradão 'é lugar do futebol masculino', diz Paulo Carneiro

Por Juliana Almirante no dia 19 de Abril de 2019 ⋅ 13:30 em Esportes

Candidato à presidência do Vitória também disse que pretende se reunir com o consórcio que administra a Fonte Nova para garantir os direitos do clube sobre o estádio