Esportes

Perto da classificação, Universo/Vitória enfrenta o Basquete Cearense

No seu primeiro ano de parceria e fundação, o Universo / Vitória surpreendeu a todos com a boa campanha: são oito triunfos em 27 jogos e a iminente classificação: basta vencer o time do Ceará nesta terça-feira, às 20h. E uma das razões por trás desse sucesso vem do banco de reservas. Gustavo Sperando, ex-jogador, e atualmente fisioterapeuta do clube, acompanha a equipe diariamente e conseguiu nesta temporada diminuir em mais de 50% o tempo de cada jogador no departamento médico. [Leia mais...]

[Perto da classificação, Universo/Vitória enfrenta o Basquete Cearense]
Foto : Francisco Galvão/Divulgação/ECV

Por Pedro Sento Sé no dia 29 de Março de 2016 ⋅ 09:24

O Universo/Vitória tem grandes chances de avançar a fase de playoffs do NBB deste ano. Atualmente na 11ª posição, a equipe rubro-negra só é eliminada caso seja derrotada pelo Basquete Cearense, nesta terça-feira às 20h, em Fortaleza e caso duas das três equipes que estão atrás do Leão na classificação vencerem seus jogos. São eles o Caxias, em 12º, a Liga Sorocabana em 13º e o São José em 14º. Uma combinação pouco provável de acontecer, mas o mais importante é depender só de si, como enfatiza o técnico Régis Marrelli.

“A maior vantagem que temos é depender só da gente. Se vencermos, estaremos matematicamente classificados. Agora, teremos pela frente um time forte, que precisa vencer para garantir vaga no G-4 (os quatro primeiros colocados avançam direto para as quartas de final). Será uma decisão para as duas equipes. Depender do tropeço dos outros é muito complicado”.

No seu primeiro ano de parceria e fundação, o Universo / Vitória surpreendeu a todos com a boa campanha: são oito triunfos em 27 jogos e a iminente classificação. E uma das razões por trás desse sucesso vem do banco de reservas. Gustavo Sperando, ex-jogador, e atualmente fisioterapeuta do clube, acompanha a equipe diariamente e conseguiu nesta temporada diminuir em mais de 50% o tempo de cada jogador no departamento médico. 

 “Antecipar os mecanismos que geram a lesão é o primeiro passo para um tratamento exitoso, quando sabemos exatamente a causa do problema, o tratamento reduz o tempo de permanência do atleta no departamento reduz em 60%” diz Gustavo Sperandio. 

Neste ano, a equipe médica do Universo/Vitória teve um apoio da parte do futebol profissional do clube, mas foi montado um ambulatório próprio, sob o comando de Sperandio, com todos os recursos disponíveis. Como  a cinesioterapia voltada ao basquete, terapia manual, recursos tecnológicos da eletroterapia, treino do gestual esportivo, bandagens e analise do movimento.

Este ano, alguns dos destaques do time na temporada passaram pela fisioterapia, como Alvaro Calvo, com lesões no tornozelo, quadril e no ombro; os armadores Rafinha e Kojo Mensah com lesões no joelho e rapidamente voltaram as quadras. “Entender as necessidades de cada paciente de acordo com a realidade funcional é fundamental para reunir os melhores recursos e melhores tecnologias cabíveis no tratamento, essa é a verdadeira formula do sucesso”, encerra Sperandio.

*Foto: Jéssica Santana

 

 

Notícias relacionadas

[Revelação do Bahia desperta interesse do Milan]
Esportes

Revelação do Bahia desperta interesse do Milan

Por Matheus Simoni no dia 22 de Março de 2019 ⋅ 08:42 em Esportes

Ontem (21), Ramires foi autor de um dos gols na vitória tricolor sobre o Atlético de Alagoinhas, por 3 a 0, na semifinal do Baianão