Esportes

Após denúncia da Metrópole, FBF vai apoiar juiz do Ba-Vi: "Estamos atentos"

O árbitro Arílson Bispo da Anunciação foi ameaçado por torcedores rubro-negros durante a semana. Ele teve seu número pessoal adcionado a um grupo de usuários que torcem pelo Vitória no WhatsApp e recebeu diversas críticas. Escalado para o Ba-Vi, Arilson foi lembrado por ter um retrospecto de nunca ter apitado um clássico em que o Leão saiu campeão.

[Após denúncia da Metrópole, FBF vai apoiar juiz do Ba-Vi:
Foto : Reprodução

Por Matheus Simoni no dia 04 de Julho de 2015 ⋅ 15:30

O árbitro Arílson Bispo da Anunciação foi ameaçado por torcedores rubro-negros durante a semana. Ele teve seu número pessoal adcionado a um grupo de usuários que torcem pelo Vitória no WhatsApp e recebeu diversas críticas. Escalado para o Ba-Vi, Arilson foi lembrado por ter um retrospecto de nunca ter apitado um clássico em que o Leão saiu campeão. "Nós não queremos ser garfados novamente. Respeite o Esporte Clube Vitória", diz um dos torcedores. "Ou você apita essa desgraça ou o tempo vai fechar para o seu lado. [...] O papo foi dado. Não vou nem falar mais nada. O número já sabemos e o endereço também. Agora, cabe a você fazer o que achar melhor", disse outro torcedor.

A Federação Baiana de Futebol (FBF) manifestou apoio ao juiz. O presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues disse que a FBF estuda medidas caso Arílson queira se manifestar. "Tudo vai partir do árbitro, a federação tem um corpo jurídico que vai estar à disposição dele caso ele queira se manifestar. Estamos atentos a tudo, mas só vamos tomar medidas após o clássico", disse ele ao site Bahia Notícias.

Notícias relacionadas