Esportes

Médico explica situação dos atletas do Bahia no Departamento Médico

O médico do Bahia, Daniel Araujo, explicou a situação dos atletas que se encontram no Departamento Médico do clube. Em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (8), ele falou sobre os jogadores com problemas médicos e sobre a expectativa de volta de alguns deles ao time principal do Tricolor. Além de Maxi e Kieza, o doutor falou sobre a expectativa de melhora do lateral Tony e de Willians Santana, além do novo problema para o DM do Esquadrão. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/ECB

Por Matheus Simoni no dia 08 de Julho de 2015 ⋅ 19:54

O médico do Bahia, Daniel Araujo, explicou a situação dos atletas que se encontram no Departamento Médico do clube. Em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (8), ele falou sobre os jogadores com problemas médicos e sobre a expectativa de volta de alguns deles ao time principal do Tricolor. Além de Maxi e Kieza, o doutor falou sobre a expectativa de melhora do lateral Tony e de Willians Santana, além do novo problema para o DM do Esquadrão. No treino realzado nesta quarta, o atacante Léo Gamalho chutou o pé de um dos jogadores do sub-20 que participaram do coletivo com os reservas do elenco. Com a pancada, Gamalho saiu de campo mancando e sem a chuteira no pé.

 

Maxi- "A partir do momento em que ele se encontra na fisioterapia, vira dúvida. Sentiu um trauma direto com uma contusão no quadril no jogo contra o Vitória. Ele tava com uma dor leve e a gente liberou para o jogo de terça, mas no começo ele tava se incomodando. No intervalo a gente conversou com a comissão técnica e achou mais conveniente retirá-lo da partida para iniciar o tratamento. Já está um pouco melhor e na quinta vamos reavaliar o atleta. A tendência é de que a gente possa liberar ele para iniciar os tratamentos e até sexta ou sábado a gente vai definir se ele vai para a partida ou não." 

 

Kieza - "Já está numa fase avançada do tratamento. Ainda está com dor na região muscular do abdómem e uma inflamação no tendão da região dos adutores. Dificilmente ele terá condição de jogo para a partida de sábado. A gente não vai dar nenhuma previsão sobre quando ele vai voltar. Estamos acompanhando o atleta e a sua evolução. Não dá pra dizer que ele vai voltar na semana que vem ou qual jogo ele vai voltar. Só quando ele estiver 100% e sem dores que vamos poder dizer quando ele vai retornar."

 

 

Léo Gamalho - "Sofreu um trauma direto. Chutou o pé do adversário no treinamento coletivo. Ele estava com dor local e a gente achou mais conveniente retirá-lo do coletivo para tratá-lo. Foi medicado, colocou gelo e fará o tratamento fisioterápico. Será avaliado amanhã e, se não sentir dor, será liberado para participar do treinamento." 

 

 

Tony- "Foi retirado dos últimos dois jogos porque estava sentindo uma dor no joelho. Era uma tendinopatia na face lateral do joelho. Já está sem dor hoje e já iniciou o período de transição. [...] Existe uma possibilidade dele ser liberado para o jogo de sábado." 

 

 

 

Willians- "Ainda não está totalmente bem. Hoje não treinou. Amanha à tarde, nós vamos reavaliar o atleta. Se reunir condições, vamos liberar o atleta para voltar aos treinamentos para sabermos se ele vai ter condições de ir para a partida."

Notícias relacionadas