Esportes

Após inventar assalto, Lochte é afastado das piscinas por 10 meses

A invenção de um falso assalto durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro, no final de setembro, rendeu ao nadador norte-americado Ryan Lochte uma suspensão de 10 meses, imposta pelo Comitê Olímpico dos Estados Unidos [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/G1

Por Bárbara Silveira no dia 08 de Setembro de 2016 ⋅ 11:46

A invenção de um falso assalto durante as Olimpíadas do Rio de Janeiro, no final de setembro, rendeu ao nadador norte-americado Ryan Lochte uma suspensão de 10 meses, imposta pelo Comitê Olímpico dos Estados Unidos. Divulgada nesta quinta-feira (8), a medida vai impedir o atleta de participar do Campeonato Mundial de Natação, em julho, realizado em Budapeste. 

O atleta chegou a se desculpar pela mentira, mas o arrependimento não impediu que ele perdesse também o seu principal patrocinador. "Quero pedir desculpas pelo meu comportamento – por não ter sido mais cuidadoso e sincero na forma como eu descrevi os eventos daquela manhã e por meu papel em tirar o foco de vários atletas [que estão] realizando seus sonhos em participar da Olimpíada".

Notícias relacionadas