Esportes

Em jogo com gol olímpico e dois pênaltis, Bahia goleia o Goiás e entra no G-4

Em um jogo recheado de polêmica, o Bahia recebeu neste sábado (17), na Arena Fonte Nova, o time do Goiás, em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O duelo era de fundamental importância para o Tricolor, que contou mais uma vez com o apoio do torcedor, que lotou o estádio para apoiar o time.[Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/ECB/Felipe Oliveira

Por Matheus Simoni no dia 17 de Setembro de 2016 ⋅ 20:23

Em um jogo recheado de polêmica, o Bahia recebeu neste sábado (17), na Arena Fonte Nova, o time do Goiás, em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O duelo era de fundamental importância para o Tricolor, que contou mais uma vez com o apoio do torcedor, que lotou o estádio para apoiar o time. Com direito a gol olímpico, o Esquadrão goleou o time goiano por 4 a 2 e entrou mais uma vez no G-4 da competição.

Os gols do Bahia foram marcados por Juninho, Renato Cajá, Hernane e Edigar Junio. Ex-jogadores do Bahia, o goleiro Márcio, de pênalti, e o atacante Léo Gamalho marcaram para os visitantes. O Bahia começou avassalador e fez logo aos dois minutos de jogo. O meia Juninho cobrou escanteio em cima do goleiro Márcio, que não conseguiu acertar a bola e ela acabou entrando.

Com a vantagem, o time chegou a diminuir o ritmo com o resultado em mãos e viu o Goiás assustar em pênalti marcado após falta de Edigar Junio em Patrick. O ex-goleiro do Bahia Márcio cobrou e converteu, empatando o jogo. Na volta para o intervalo, o técnico Guto Ferreira tirou Allano, criticado após uma série de erros na partida, e colocou Victor Rangel. O time tricolor seguiu tentando, mas esbarrava na defesa goiana. Porém, em lance que gerou polêmica, Felipe Saturnino deu bobeira na zaga e acabou perdendo a bola para Hernane e acabou derrubando o atacante Hernane dentro da área. O juiz marcou o pênalti e Hernane foi para a cobrança, mas Márcio foi o vilão mais uma vez e pegou a cobrança e o rebote do 'Brocador'.

Quando o torcedor já começava a ficar impaciente, Renato Cajá fez boa jogada individual e chutou de perna esquerda. O goleiro do Goiás chegou a tocar na bola, mas não impediu que ela entrasse. Foi o segundo no marcador. A partir daí, o Bahia dominou completamente a partida e seguiu marcando.

Após cruzamento na direita, Victor Rangel tentou um lance na área e a bola sobrou para Hernane, que se redimiu do pênalti perdido e fez o terceiro. Na sequência do lance, Edigar Junio aproveitou falha da zaga esmeraldina e chutou para ampliar o placar. O Goiás ainda chegaria ao segundo gol com o atacante Léo Gamalho, mas a reação parou por aí.

Com o resultado, o Bahia voltou ao G-4, ocupando a quarta posição com 39 pontos. Na próxima rodada, o Tricolor tem pela frente um confronto de seis pontos com o CRB, adversário direto na briga pelo grupo que luta pelo acesso. A partida acontece no próximo sábado (24), às 16h20, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

O jogo contou com transmissão da equipe dos Campeões da Bola da Rádio Metrópole. Bahia x Goiás teve narração de Salomão Batista, comentários de Elizeu Godoy e reportagens de Marinho Jr, Jota Zô e Clerisson Amorim.

Ficha do Jogo
Campeonato Brasileiro Série B - 26ª rodada
Bahia 4 x 2 Goiás
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 17 de setembro de 2016, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Arbitragem: Luis Teixeira Rocha - RS (CBF-1), Jorge Eduardo Bernardi - RS (CBF-1) e Mauricio Coelho Silva Penna - RS (CBF-2)
Público: 20.125
Renda: R$ 373.466,50
Bahia: Muriel; Eduardo, Jackson, Tiago e Moisés; Luiz Antonio, Juninho (Feijão), Renato Cajá e Allano (Victor Rangel); Edigar Junio (Misael) e Hernane
Técnico: Guto Ferreira
Goiás: Márcio; Sueliton, Felipe Macedo, Alex Alves e Felipe Saturnino; Adriano, Patrick, Léo Sena (Murilo Henrique) e Carlos Eduardo (Daniel Carvalho); Marcão (Léo Gamalho) e Rossi
Técnico: Gilson Kleina
Cartão amarelo: Eduardo
Gols: Juninho, Renato Cajá, Hernane e Edigar Junio/ Márcio e Léo Gamalho

 

Notícias relacionadas