Esportes

Argel critica falha coletiva em gol sofrido e nega 'Marinho-dependência'

O treinador do Vitória, Argel Fucks, comentou o resultado do duelo entre o Leão e o Grêmio nesta quarta-feira (5), na Arena Fonte Nova. Em entrevista coletiva, ele afirmou que o erro no gol que culminou com a derrota dos donos da casa foi uma falha coletiva.[Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/Esporte Interativo

Por Matheus Simoni no dia 05 de Outubro de 2016 ⋅ 22:34

O treinador do Vitória, Argel Fucks, comentou o resultado do duelo entre o Leão e o Grêmio nesta quarta-feira (5), na Arena Fonte Nova. Em entrevista coletiva, ele afirmou que o erro no gol que culminou com a derrota dos donos da casa foi uma falha coletiva.

"Como é um clássico, quem errasse iria pagar o preço. Hoje não conseguimos entrar com a parte ofensiva. Foi um jogo bastante equilibrado. Tecnicamente não foi uma boa partida. As duas equipes se fecharam, os goleiros fizeram uma ótima partida. Foi um jogo muito duro. O adversário veio para jogar no erro. Quando se erra uma vez, acaba saindo o gol. Foi o que aconteceu. Tivemos alguns problemas. Começamos bem o jogo no segundo tempo mas tomamos o gol numa falha coletiva nossa", disse o comandante do time.

Ainda de acordo com Argel, a saída de Marinho representou uma queda no rendimento da equipe. No entanto, ele negou que o time sofra de 'Marinho-dependência'. "A gente não está dizendo que o Vitória só joga em função do Marinho. Joga em função do Zé, do Kieza, do Cárdenas, do Serginho... No caso do São Paulo, ele deu passe e fez gol. Na Chapecoense, ele deu três assistências e só não fez gol. A gente tem consciência de que não fez uma partida boa. Quando se joga em casa com um adversário fechado como veio, você precisa ter um setor de criação melhor e trabalhar mais essa bola. Por incrível que pareça, na nossa volta do segundo tempo, estávamos controlando o jogo e criando oportunidade antes de sofrer o gol. Não temos que lamentar muito não. Às vezes você joga melhor fora de casa do que dentro. Hoje acabou acontecendo isso, agora é bola para frente", declarou o treinador. 

"Não perdemos por causa da lesão do Marinho. Falhamos numa falha coletiva e numa bola parada. Cada um tem sua função, mas a gente acaba errando. Não havíamos tomado gol de bola parada, mas fizemos gol de bola parada. A banca paga e a banca recebe", finalizou.

Notícias relacionadas

[Salvador recebe primeiro campeonato League of Legends]
Esportes

Salvador recebe primeiro campeonato League of Legends

Por Matheus Simoni no dia 12 de Novembro de 2018 ⋅ 17:00 em Esportes

Batizado de Desafio LNE Salvador, o evento terá premiação de R$ 3 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil para as três equipes mais bem rankeadas da disputa

[Tite anuncia cortes e convoca Alex Sandro e Renato Augusto]
Esportes

Tite anuncia cortes e convoca Alex Sandro e Renato Augusto

Por Matheus Simoni no dia 12 de Novembro de 2018 ⋅ 14:20 em Esportes

Tite ainda pode ter outro desfalque do Real Madrid: o volante Casemiro teve uma lesão no tornozelo direito e não deve se apresentar ao restante da delegação