Esportes

Guto destaca "maturidade" do Bahia após triunfo contra o Brasil de Pelotas

O técnico Guto Ferreira destacou a maturidade do Bahia contra o Brasil de Pelotas nesta sexta-feira (14), na Arena Fonte Nova. O time tricolor venceu por 1 a 0 com gol ainda no primeiro tempo do atacante Wesley Natã. Para o comandante da equipe, os donos da casa impediram o ímpeto ofensivo do adversário. Ele ainda ressaltou a importância da torcida para o Bahia durante o duelo. [Leia mais.

[Imagem not found]
Foto : Divulgação/ECB/Felipe Oliveira

Por Matheus Simoni no dia 14 de Outubro de 2016 ⋅ 23:55

O técnico Guto Ferreira destacou a maturidade do Bahia contra o Brasil de Pelotas nesta sexta-feira (14), na Arena Fonte Nova. O time tricolor venceu por 1 a 0 com gol ainda no primeiro tempo do atacante Wesley Natã. Para o comandante da equipe, os donos da casa impediram o ímpeto ofensivo do adversário. Ele ainda ressaltou a importância da torcida para o Bahia durante o duelo.

"A maturidade da equipe me agradou. Cada jogo que passa eu espero que amadureça mais e mais. A equipe controlou o adversário e impediu que ele criasse chances de gols. Não parou de agredir e teve chances, foi muito bom. Tirando a minha equipe, o que me agradou foi a torcida fantástica. Obrigado, torcedor", agradeceu.

Guto Ferreira falou sobre o grande número de jogadores pendurados com dois cartões amarelos que, mesmo com o risco de serem suspensos com mais uma punição, davam sangue pela equipe. Entre os 23 relacionados para a partida contra o time gaúcho, nove atletas com risco de tomar o terceiro.

Para o treinador, é melhor perder um jogador por suspensão do que acabar levando um gol num jogo. "Entre o risco de tomar gol e o risco de tomar o amarelo, prefiro tomar o amarelo e ficar fora do próximo jogo. O Hernane tomou o amarelo e recuperou duas ou três bolas sem fazer a falta, correndo o risco e impedindo o trabalho do adversário. Prefiro que o jogador tome o terceiro se for o risco. Sempre que não pudermos correr o risco, melhor. Se perdermos um por jogo, não pode é pesar no final. Nosso conjunto é forte, mas quando se perde muitos isso afeta o produto final", declarou.

Notícias relacionadas