Esportes

Doença autoimune leva nadadora Ana Marcela a retirar baço em cirurgia

A nadadora Ana Marcela Cunha descobriu no início deste ano que está com uma doença autoimune que impede a produção de plaquetas sanguíneas. Por esse motivo, a atleta vai passar por procedimento cirúrgico para a retirada do baço e irá diminuir a intensidade dos treinos para preservar a sua saúde. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/Instagram

Por Luiza Leão no dia 21 de Outubro de 2016 ⋅ 15:11

A nadadora baiana Ana Marcela Cunha descobriu no início deste ano que está com uma doença autoimune que impede a produção de plaquetas sanguíneas. Por esse motivo, a atleta vai passar por procedimento cirúrgico para a retirada do baço e irá diminuir a intensidade dos treinos para preservar a sua saúde.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a nadadora vai passar pelo procedimento de esplenectomia, que é caracterizado pela retirada do baço. A decisão foi tomada após conversas com seu treinador, médicos e especialistas. Depois de 45 dias ausente nas competições de alto rendimento, Ana Marcela deve retornar aos treinos leves.

A enfermidade foi descoberta durante a realização de uma prova em Salvador, em que a nadadora passou mal. Quando exames foram feitos, havia apenas 110 mil plaquetas no sangue de Ana Marcela, 90 mil abaixo da concentração normal, que é acima de 200 mil.

Desde então, a atleta passou a ingerir um medicamento à base de corticoide diariamente, com a autorização da Agência Mundial de Saúde (Wada). Ela era uma das apostas de medalha nos Jogos Olímpicos Rio 2016, junto aos baianos Allan do Carmo e Isaquias Queiroz.

Notícias relacionadas