Esportes

Souza e Escudero recebem pena mínima do STJD e são liberados para jogar

Os meias Souza, do Bahia, e Escudero, do Vitória, receberam a pena mínima após o julgamento ocorrido nesta terça-feira (28), conduzido pelos auditores da Segunda Comissão Disciplinar do Supremo Tribunal Justiça Desportiva (STJD). Os atletas foram expulsos no clássico da 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, quando o rubro-negro venceu por 4 a 1. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Matheus Simoni no dia 28 de Julho de 2015 ⋅ 19:34

Os meias Souza, do Bahia, e Escudero, do Vitória, receberam a pena mínima após o julgamento ocorrido nesta terça-feira (28), conduzido pelos auditores da Segunda Comissão Disciplinar do Supremo Tribunal Justiça Desportiva (STJD). Os atletas foram expulsos no clássico da 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, quando o rubro-negro venceu por 4 a 1. Pelas informações descritas na súmula pelo árbitro Arilson Bispo da Anunciação, os jogadores se desentenderam e trocaram cabeçadas quando a partida ainda estava paralisada. Com isso, eles foram denunciados no artigo 254-A do CBJD (praticar agressão física). Após exibição de prova de vídeo durante o julgamento e as sustentação oral das defesas, o relator do processo, o auditor Jurandir Ramos de Sousa, votou para desclassificar a denúncia e aplicar apenas um jogo de suspensão a cada atleta, já cumprido por Souza e Escudero. Os auditores Manuel Marcio Bezerra e Jonas Lopes acompanharam o relator na íntegra.

Notícias relacionadas

[Risco de rebaixamento do Vitória chega a 70%]
EsportesCAMPEONATO BRASILEIRO 2018

Risco de rebaixamento do Vitória chega a 70%

Por Matheus Simoni no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 17:40 em Esportes

Com 44 pontos, o Bahia, segundo o matemático, não corre mais chances de ser rebaixado

[Criador da camisa da seleção brasileira morre aos 83 anos]
Esportes

Criador da camisa da seleção brasileira morre aos 83 anos

Por Matheus Simoni no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 09:20 em Esportes

Schlee, que fazia caricaturas de jogos de futebol para jornais de Pelotas, venceu o prêmio após testar mais de cem esboços e chegar ao modelo conhecido internacionalmente