Esportes

PM reclama de falta de planejamento para torcida mista no Ba-Vi

Na última quarta-feira (5), as diretorias de Bahia e Vitória, juntamente com a Federação Baiana de Futebol (FBF), anunciaram a instalação de um setor na Arena Fonte Nova que abrigará torcedores das duas equipes no Ba-Vi do próximo domingo (9), válido pela última rodada da primeira fase do Baianão 2017. [Leia mais...]

[PM reclama de falta de planejamento para torcida mista no Ba-Vi]
Foto : Camila Souza/GOVBA

Por Matheus Simoni no dia 06 de Abril de 2017 ⋅ 15:51

Na última quarta-feira (5), as diretorias de Bahia e Vitória, juntamente com a Federação Baiana de Futebol (FBF), anunciaram a instalação de um setor na Arena Fonte Nova que abrigará torcedores das duas equipes no Ba-Vi do próximo domingo (9), válido pela última rodada da primeira fase do Baianão 2017. No entanto, a novidade preocupa a Polícia Militar, que ainda não definiu um esquema de segurança destinado ao espaço da torcida mista.

Em entrevista ao Metro1 nesta quinta-feira (6), o comandante do Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos (Bepe), tenente coronel Saulo Roberto Costa dos Santos, afirmou que falta \'tempo hábil\' para que a mudança seja estudada pela corporação. \'A PM é amante de qualquer mudança que venha trazer ao torcedor baiano a tranquilidade e a paz para que ele se divirta no momento de ver o seu time jogar. Obviamente que está faltando tempo hábil para um planejamento minucioso no que tange uma cultura que foi deixada para trás há muito tempo, por causa dos procedimentos dos torcedores em virtude do alto grau de violência perpetrado pelas torcidas organizadas\', afirmou o tenente.

Questionado sobre a possibilidade da polícia estar preparada para atuar na segurança do estádio, mesmo no novo espaço, o comandante Saulo destacou que a PM baiana é referência nesses tipos de evento. \'Obviamente que o preparo nosso é com vista a essas situações. Se tiver qualquer incidente que incorra na atuação do Bepe e de qualquer outra tropa especializada, nós estamos prontos\', declarou.

Notícias relacionadas