Esportes

Bahia massacra o Flu de Feira no primeiro tempo e vence primeira semifinal por 3 a 0

O Bahia foi até Feira de Santana para enfrentar o Fluminense de Feira no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Baiano 2017, no estádio Joia da Princesa. O Tricolor de Aço se encontrava com o rival feirense pela segunda vez na competição. No primeiro duelo, os dois empataram em 1 a 1. Desta vez, o time da capital baiana não tomou conhecimento do adversário. O Esquadrão venceu por 3 a 0, com direito aos três gols marcados no primeiro tempo do duelo. [Leia mais...]

[Bahia massacra o Flu de Feira no primeiro tempo e vence primeira semifinal por 3 a 0]
Foto : Reprodução/PremiereFC

Por Matheus Simoni no dia 16 de Abril de 2017 ⋅ 20:23

O Bahia foi até Feira de Santana para enfrentar o Fluminense de Feira no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Baiano 2017, no estádio Joia da Princesa. O Tricolor de Aço se encontrava com o rival feirense pela segunda vez na competição. No primeiro duelo, os dois empataram em 1 a 1. Desta vez, o time da capital baiana não tomou conhecimento do adversário. O Esquadrão venceu por 3 a 0, com direito aos três gols marcados no primeiro tempo do duelo.

Marcaram para o Bahia o atacante Hernane e os meias Renê Júnior e Régis. No primeiro tempo, o time de Salvador logo tomou conta da iniciativa para abrir o placar. Dos pés de Edigar Junio veio a primeira chance logo aos dois minutos de jogo. Mas o gol só saiu mesmo aos 32 minutos. Após corte da defesa do Flu de Feira, Hernane aproveitou a bola na área para entrar e marcar o primeiro. Quatro minutos depois, Renê Júnior aproveitou rebote no chute de Allione e marcou o segundo. O terceiro veio dos pés de Régis. O meia atrapalhou a saída de bola do Flu de Feira e emendou um belo chute de fora da área, sem chances para o goleiro Jair.

No segundo tempo, o time do técnico Guto Ferreira tirou o pé e aproveitou a vantagem numérica com a expulsão do zagueiro Rafhael na metade da etapa final até ter Régis ser expulso por uma briga dentro de campo. Sem poder de reação, os donos da casa sucumbiram e se viram obrigados a golear o time do Bahia no jogo de volta por quatro gols de diferença para passar de fase na competição. Para o Esquadrão de Aço, um empate simples sem gols já garante a vaga na final do Baianão. 

Notícias relacionadas