Esportes

Depois de incitar guerra,presidente do Bahia agora diz querer paz só fora do campo

Após ter publicado mensagens incitando uma \'guerra\' no Ba-Vi deste domingo (30), na Arena Fonte Nova, o presidente do Bahia, Marcelo Sant\'Ana, utilizou as redes sociais para pedir que o clássico válido pelo segundo jogo da semifinal da Copa do Nordeste tivesse paz apenas fora do campo. [Leia mais...]

[Depois de incitar guerra,presidente do Bahia agora diz querer paz só fora do campo]
Foto : Divulgação/Felipe Oliveira/ECB

Por Matheus Simoni no dia 30 de Abril de 2017 ⋅ 14:30

Após ter publicado mensagens incitando uma \'guerra\' no Ba-Vi deste domingo (30), na Arena Fonte Nova, o presidente do Bahia, Marcelo Sant\'Ana, utilizou as redes sociais para pedir que o clássico válido pelo segundo jogo da semifinal da Copa do Nordeste tivesse paz apenas fora do campo. \'O @ECBahia hoje precisa do melhor de cada um de nós. Vista seu uniforme e faça a diferença #DomingoÉGuerra #PazForaDeCampo\', escreveu o dirigente.

 

O @ECBahia hoje precisa do melhor de cada um de nós. Vista seu uniforme e faça a diferença #DomingoÉGuerra #PazForaDeCampo
Felipe Oliveira pic.twitter.com/SwBJtazRp9

— Marcelo Sant\'Ana (@omarcelosantana) 30 de abril de 2017

O discurso tricolor também foi adotado pelo vice-presidente do clube, Pedro Henriques.

Guerra no campo! Fora dele é PAZ! Vai mandar ofício chorando e acusando de apologia a violência?? https://t.co/Hbww5vD6k9

— Pedro Henriques (@_pedrohenriques) 29 de abril de 2017

Desde o primeiro confronto entre as duas equipes, a diretoria do Bahia promoveu uma série de materiais fazendo alusão a erros de arbitragem que teriam acontecido nos últimos anos a favor do Vitória.

Notícias relacionadas