Esportes

Líder Vitória tenta esquecer cansaço no jogo diante o Luverdense, em Cuiabá

Depois de enfrentar o Ceara, em Fortaleza, no sábado, o time viajou para a capital do Mato Grosso sem escalas em Salvador. A idéia é diminuir o cansaço dos atletas, pois na sexta-feira o time já enfrenta o Santa Cruz no Barradão.

[Imagem not found]
Foto : Divulgação / EC Vitória

Por Pedro Sento Sé no dia 11 de Agosto de 2015 ⋅ 07:34

Pelo menos os 330 km de Cuiabá até a cidade Lucas do Rio Verde, a delegação do Vitória não vai precisar percorrer. Depois de enfrentar o Ceara, em Fortaleza, no sábado, o time viajou para a capital do Mato Grosso sem escalas em Salvador. A idéia é diminuir o cansaço dos atletas, pois na sexta-feira o time já enfrenta o Santa Cruz no Barradão.

E o cansaço também foi a justificativa dada pela direção do Luverdense, adversário do rubro-negro, para mudar o jogo para a capital. Toda vez que o time precisa viajar, a delegação tem que percorrer os 330 km para pegar um avião. Como o time na próxima rodada enfrenta o Mogi Mirim, no interior de São Paulo, a delegação resolveu antecipar a viagem.

E por conta da grande quantidade de jogos, o time do Vitória será definido baseado no desgaste físico dos atletas. O técnico Vágner Mancini, que já não vai poder contar com Fernando Miguel, machucado e com os suspensos Marcelo Mattos e Rhayner, pode fazer outras mudanças no time, para preservar alguns jogadores. Escudero, inclusive, pode sair do time.

Já o técnico Júnior Rocha não tem problemas para escalar o time, que deve ser o mesmo que venceu o Paysandu na última rodada.

O Vitória é o atual líder da Série B com 31 pontos e o Luverdense está na 16ª posição, sendo o primeiro time fora da zona do rebaixamento, com 20 pontos.

Ficha Técnica
LUVERDENSE x VITÓRIA
Local: Estádio Pantanal, Cuiabá (MS)
Hora: 20h30
Data: 11/08/2015
Árbitro: Rodrigo Ferreira (SC); Assistentes: Nadine Bastos (SC) e Helton Nunes (SC)
Luverdense: Edson, Osman, Everton, Luiz Otávio e Paulinho; Muralha, Ricardo, Da Matta e Diego Rosa; Alipio e Tozin; Técnico: Junior Rocha
Vitória: Gatito Fernandez; Diogo Matheus, Guilherme Mattis, Ramon e Diego Renan; Amaral, Pedro Ken, Escudero (Flávio); Rogério, Vander (David) e Elton; Técnico: Vágner Mancini

 

 

Notícias relacionadas