Esportes

Brasil termina Parapan-Americano em primeiro lugar com 257 medalhas

O Brasil acabou os jogos Parapan-Americano de 2015, em Toronto, no Canadá, em primeiro lugar no quadro geral de medalhas. No total, a delegação chegou a 257 medalhas, sendo 109 de ouro, 74 de prata e outras 74 de bronze. Esse é o melhor rendimento do Brasil em toda a história do evento, superando o recorde anterior registrado nos Jogos Parapan-americanos do Rio de Janeiro, em 2007, quando a equipe paralímpica conquistou 221 medalhas. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Divulgação

Por Matheus Morais no dia 15 de Agosto de 2015 ⋅ 19:12

O Brasil acabou os jogos Parapan-Americano de 2015, em Toronto, no Canadá, em primeiro lugar no quadro geral de medalhas. No total, a delegação chegou a 257 medalhas, sendo 109 de ouro, 74 de prata e outras 74 de bronze. Esse é o melhor rendimento do Brasil em toda a história do evento, superando o recorde anterior registrado nos Jogos Parapan-americanos do Rio de Janeiro, em 2007, quando a equipe paralímpica conquistou 221 medalhas.
Para se ter uma ideia do domínio brasileiro na edição deste ano, o segundo lugar no quadro geral, o Canadá, não chegou à metade das medalhas de ouro brasileiras, conseguiu apenas 50. Os americanos, em terceiro, chegaram a 40.


A participação marcante dos brasileiros aumenta a expectativas para as Paralimpíadas do ano que vem, nos Jogos Rio 2016. Além do retrospecto, terá a vantagem de jogar em casa e contar com o apoio da torcida. Promessas não faltam: a natação no Parapan conseguiu 109 medalhas com pódio triplo com Vanilton Nascimento, Ruiter Silva e Matheus da Silva. Durante a última semana, a delegação brasileira disputou finais em todos os esportes. No judô, garantiu quatro medalhas apenas na sexta-feira.

 

Notícias relacionadas

[Risco de rebaixamento do Vitória chega a 70%]
EsportesCAMPEONATO BRASILEIRO 2018

Risco de rebaixamento do Vitória chega a 70%

Por Matheus Simoni no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 17:40 em Esportes

Com 44 pontos, o Bahia, segundo o matemático, não corre mais chances de ser rebaixado

[Criador da camisa da seleção brasileira morre aos 83 anos]
Esportes

Criador da camisa da seleção brasileira morre aos 83 anos

Por Matheus Simoni no dia 16 de Novembro de 2018 ⋅ 09:20 em Esportes

Schlee, que fazia caricaturas de jogos de futebol para jornais de Pelotas, venceu o prêmio após testar mais de cem esboços e chegar ao modelo conhecido internacionalmente