Esportes

Bahia rebate MPT e nega acusação de trabalho infantil: \"Denúncia que beira a irresponsabilidade\"

O Bahia rebateu a acusação do Ministério do Trabalho de que estaria promovendo o trabalho de crianças de 14 anos nas categorias de base do clube. O órgão informou na última segunda-feira (28) que identificou oito jovens nessas condições durante fiscalização realizada entre os meses de julho e agosto em parceria com o Ministério Público do Trabalho da Bahia. [Leia mais...]

[Bahia rebate MPT e nega acusação de trabalho infantil: \
Foto : Divulgação/ECB/Felipe Oliveira

Por Matheus Simoni no dia 29 de Agosto de 2017 ⋅ 12:51

O Bahia rebateu a acusação do Ministério do Trabalho de que estaria promovendo o trabalho de crianças de 14 anos no clube. O órgão informou na última segunda-feira (28) que identificou oito jovens nessas condições durante fiscalização realizada entre os meses de julho e agosto em parceria com o Ministério Público do Trabalho da Bahia. Por meio de nota em seu site oficial, o Bahia desmentiu as acusações e classificou a denúncia como \"irresponsável\".

\"É de se lamentar a publicização pelo Ministério do Trabalho de um procedimento administrativo, ainda em fase inicial, sem que o Clube tenha sequer exercido o seu direito constitucional de defesa, bem como lhe tenha sido oportunizado a produção das provas necessárias para refutar a absurda imputação\", afirmou o Esquadrão.

No texto, o Bahia reiterou que ainda está dentro do prazo para apresentação de sua defesa. O clube defende que se valerá dos meios legais para \"demonstrar de maneira irrefutável e, se for necessário, pela via judicial, a inexistência de qualquer conduta abusiva\".

\"Não é verdade que o Clube mantenha qualquer tipo de instalação fora das suas dependências, seja mediante pagamento de aluguel, seja com oferecimento de quaisquer contrapartidas a terceiros, a fim de acomodar jovens que buscam uma colocação no Tricolor\", destacou, ressaltando que as atividades desenvolvidas com os atletas menores de 14 anos são \"meramente lúdicas\", em sistema de escolinha, fora das instalações do clube, e com métodos distintos daqueles praticados pelas categorias de base. 

Notícias relacionadas

[Barradão 'é lugar do futebol masculino', diz Paulo Carneiro]
Esportes

Barradão 'é lugar do futebol masculino', diz Paulo Carneiro

Por Juliana Almirante no dia 19 de Abril de 2019 ⋅ 13:30 em Esportes

Candidato à presidência do Vitória também disse que pretende se reunir com o consórcio que administra a Fonte Nova para garantir os direitos do clube sobre o estádio

[Vitória anuncia dispensa e afastamento de atletas]
Esportes

Vitória anuncia dispensa e afastamento de atletas

Por Matheus Simoni no dia 12 de Abril de 2019 ⋅ 13:40 em Esportes

Jogadores treinarão à parte, a partir da próxima segunda-feira (15), num grupo especial, em horário oposto ao elenco principal