Esportes

Mancini reclama da falta de \"equilíbrio emocional\" do Vitória dentro do Barradão

O técnico Vagner Mancini lamentou mais um resultado que o Vitória deixou escapar pela Série A do Brasileirão. Jogando dentro de casa, o rubro-negro perdeu para o São Paulo por 2 a 1, em um confronto na briga contra a permanência na zona de rebaixamento. [Leia mais...]

[Mancini reclama da falta de \
Foto : Divulgação/ECV/Maurícia da Matta

Por Matheus Simoni no dia 17 de Setembro de 2017 ⋅ 19:01

O técnico Vagner Mancini lamentou mais um resultado que o Vitória deixou escapar pela Série A do Brasileirão. Jogando dentro de casa, o rubro-negro perdeu para o São Paulo por 2 a 1, em um confronto na briga contra a permanência na zona de rebaixamento. Em entrevista coletiva, o comandante do Leão voltou a falar da falta de equilíbrio emocional do elenco após sair perdendo no Barradão. O tema já havia sido alvo de reclamações de Mancini após o empate em 2 a 2 com o Fluminense, na rodada passada.

\"A partir do momento em que nós enfrentamos um adversário com velocidade e com maior posse de bola, ele foi nos empurrando para trás. O equilíbrio emocional pesou hoje de novo. Quando tomamos o gol, mais ainda. Quando tomamos o gol, poderíamos ter virado e jogado bem. Isso faltou hoje de novo. Isso leva tempo para reconstruir o clube no mês nove, não é em uma semana que vamos acertar isso\", disse Mancini.

O treinador também reclamou da apresentação do clube diante do time paulista. Segundo Mancini, esta foi a pior apresentação do Vitória desde que ele chegou novamente ao clube.

\"O Vitória não conseguiu mandar no jogo. O São Paulo foi para o intervalo com uma maneira de jogar que fazia com que não tivéssemos a posse de bola. Além do São Paulo merecer, o Vitória jogou muito abaixo do que vinha jogando. Não tivemos a posse de bola ofensiva. Nós roubávamos a bola e erramos demais ao jogar a bola com o Wallace e Kanu. Eu precisava de alguém que colocasse a bola no chão e fizesse ela rodar de um lado para o outro. O Vitória não agrediu o São Paulo como vinhh agredindo nos últimos jogos. As substituições não surtiram efeito\", destacou o técnico.

Notícias relacionadas